Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

terça-feira, 26 de abril de 2016

PRESIDENTE TIMORENSE “MUITO SENSÍVEL” AO ENSINO DO PORTUGUÊS



O diretor da Escola Portuguesa Ruy Cinatti em Díli garantiu hoje que o chefe de Estado timorense, que o recebeu em audiência, se mostrou "muito sensível" ao projeto deste centro escolar e do ensino do português em Timor-Leste.

“Ouvi palavras de alento sobre o ensino da língua portuguesa e sobre a nossa escola em particular. O presidente Taur Matan Ruak tem os três filhos a estudar connosco e por isso tem muito conhecimento da escola", explicou à Lusa Acácio de Brito.

"Manifestou-se muito sensível sobre a questão do ensino do português e na defesa do português e tétum como línguas oficiais", disse.

A audiência de uma hora permitiu, explicou Acácio de Brito, ouvir da parte do chefe de Estado "uma abordagem muito interessante" sobre a temática do ensino e do projeto educativo em Timor-Leste em geral.

"Nota-se preocupação genuína pela língua portuguesa e com educação em geral e o funcionamento do sistema educativo, com um reconhecimento do papel da escola portuguesa de Díli aqui em Timor", afirmou.

Acácio de Brito explicou que aproveitou o encontro de cerca de uma hora para pedir apoio do Presidente no intuito de "aumentar a capacidade de receção de alunos", aumentando para isso o tamanho da escola.

Recorde-se que o atual ano letivo em curso é o com o maior número de alunos de sempre, cerca de 850 - 90% dos quais timorenses - estando em lista de espera mais de 800 outras famílias.

Lusa, em Notícias ao Minuto

Sem comentários: