Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 30 de junho de 2016

OS TINTINS DE LAW E OS DE SHAUBLE



Ferreira Fernandes – Diário de Notícias, opinião

Dos dois treinadores da Alemanha, prefiro o Joachim Low, que se ocupa só dos seus tintins. Já Wolfgang Schäuble tem a mania de apertar os dos outros. Em fevereiro, quando o mais sólido banco alemão estava atrapalhado, Schäuble foi perentório: "Não tenho nenhum receio sobre o Deutsche Bank." E, no dia seguinte, a despropósito, lançou: "Portugal tem de estar bem ciente de que pode perturbar os mercados." Frase que retificou logo: não, não queria insinuar nada... Mas, ontem, Schäuble voltou a tentar desestabilizar a equipa adversária. Como escreveu a agência Reuters, ele falou de "um novo resgate" para Portugal. Para, horas depois, pôr o seu porta-voz a explicar que, isso do resgate, seria só "se não cumprisse os seus compromissos"... Quer dizer, aconteceu como se o treinador da seleção alemã dissesse em conferência de imprensa : "O Cristiano Ronaldo pode ser expulso por doping." Para, horas depois, explicar: "Expulso, claro, se ele se dopar mesmo..." Enfim, Wolfgang Schäuble tem um comportamento irresponsável de quem snifa. Mais uma vez prefiro Low, que o que cheira é lá com ele. Falando de sanções, alguém - a União Europeia ou a UEFA, já que a outra é ineficaz - que ponha mão no descarado se ele não reduzir o seu défice de educação. Porém, se a final for Portugal-Alemanha podemos ficar descansados: o treinador Low é um cavalheiro, onde põe a mão é lá com ele. Não é como o amarguinho, que a põe nos nossos bolsos.

Sem comentários: