Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Angola. TRATAR DA SAÚDE DOS REVUS E DA POLÍTICA DE MENTIRAS



Fernando Vumby, opinião

OS REVUS E A NECESSIDADE DE UMA REVISÃO COMPLETA DO SEU ESTADO DE SAÚDE

Pela forma como os jovens foram presos, julgados e pelos argumentos buscados que nem ao diabo convenceu, e mesmo assim acabaram condenados contra á vontade da verdade dos factos , leva-nos á desconfiar que existia uma intenção diabólica contra os REVUS, por parte dos serviços secretos ou seja por parte de quem depende a vida de todos os angolanos, que é a presidência da republica de Angola JES/MPLA.

Aqueles como eu que conhecem casos de pessoas que passaram á padecer de certas doenças nunca tidas antes, depois que foram soltas de cadeias onde estiveram como presos políticos deste regime, enquanto outras foram morrendo aos poucos ou seja vão morrendo lentamente, neste preciso momento em que os REVUS acabam de ser postos em (liberdade) condicional permanente , só me resta fazer-lhes este aviso:

Olhem para o vosso estado de saúde jovens e não ignorem em demasia o carácter criminoso deste regime!

É hora sim , de se fazer um controle ao vosso estado completo de saúde o chamado (Check Up) de preferência fora do país e longe dos olhares curiosos encomendados, pois não há motivos para deixarmos de desconfiar deste regime e das más intenções que caracterizam esta gestão cruel, brutal e sem transparência do nosso país desde quase 40 anos.

O triste nestes casos e o que é bem explorado maldosamente pelo regime é o saber-se que a maioria das suas vitimas só não têm possibilidades financeiras para certo tipo de exames médicos de qualidade fora do país , assim como quando não são eles mesmos que se vão marimbando, num país onde o sentido de vida deixou de ter o seu real valor e o estar-se doente raramente não significa estar-se meio morto.

Jovens, se manter a saúde em dia ainda continua sendo algo de indispensável para vocês , então agora mais do que nunca façam exames não apenas de rotina mais sim profundos sobre o vosso estado de saúde , pois de um regime que vos conseguiu manter este tempo todo na cadeia mesmo como inocentes , sofrendo as piores humilhações e vexames de toda espécie tudo é de se esperar e mais vale desconfiar dele do que confiar.

Mesmo em Angola ainda temos bons médicos, bons profissionais, nossos amigos, muito embora na maioria dos casos impossibilitados de darem o melhor de si por causa das limitações existentes num país onde é mais fácil conseguir-se sangue de galinha, porcos, gatos e cães nos mercados do que reservas de sangue humana nos laboratórios dos hospitais.

Fórum Livre Opinião & Justiça - Fernando Vumby

OS DEPUTADOS DO MPLA. A POLÍTICA DA MENTIRA E O SEU FINGIMENTO QUASE ARTÍSTICO

Fartei-me de rir ao ler no Novo Jornal que alguns deputados da bancada parlamentar do MPLA não estão satisfeitos com a nomeação da (anglo-russa) Isabel Dos Santos como (dona) ou seja patroa da Sonangol.

Só podemos estar perante a montagem de mais uma nova peça teatral bem ao jeito habitual da política do fingimento dos camaradas quando o momento lhes aconselha vender-nos a ilusão de que estão sim de quando em vez autorizados a pensarem com as suas próprias cabeças.

Qualquer deputado da bancada parlamentar do MPLA sabe e tem consciência do quanto lhe pode custar á tomada de uma atitude que contrarie os objetivos estratégicos do JES assentes na política de não transparência, mentiras e fingimentos.

Por aquilo que conheço do MPLA, não acredito e ninguém me pode obrigar á acreditar, que algum deputado deste Partido de sua livre vontade sem que seja encomendado e treinado para nos vender ilusões tenha coragem de contrariar um JES todo poderoso , omnipotente , único , raro e tido como uma espécie de Deus por eles todos dado as facilidades que este dá para que cada um deles se sirva dos cofres públicos ao seu bel prazer.

Logo num momento como este em que está claramente bem visível as intenções de JES concentrar todo o poder de Angola nas mãos dos seus filhos haver deputados que o tentem contrariar?

Não vejo isto como uma atitude coberta de boas intenções, mas quem nos dera que fosse.

Importa dizer o seguinte; JES tem homens no parlamento bem treinados, preparados e mascarados de deputados com missão especifica que consiste em filtrar as intervenções, gestos e movimento corporal inclusive dos seus deputados e todos aqueles que tomam posições que o contrariem acabam por entrar para a lista dos próximos á serem cilindrados de forma tão perfeita que ninguém possa depois relacionar um acontecimento com o outro.

JES é um matreiro raro que sabe criar de forma quase fenomenal todos os cenários e figurinos da política da mentira e fingimento que orienta aos seus palhaços mascarados de deputados de uma assembleia claramente nascida de uma flagrante fraude eleitoral de que já parece pouco importar aos seus opositores falar dela, por uma gestão de habituados á lidar-se tão bem com as fraudes.

Com essa de ter havido deputados da bancada parlamentar do MPLA que bateram com os punhos na mesa, se de facto tal aconteceu, só nos resta confirmar a chegada ao palco de mais uma nova peça teatral que me parece já começar a ser aplaudida com algum histerismo e entusiasmo por gente que acha piada a toda a ilusão que é vendida ao povo angolano.

Fórum Livre Opinião & Justiça - Fernando Vumby

Sem comentários: