Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Eurodeputados querem retirar pensão a Durão Barroso – 132 mil euros por ano mais alcavalas



Um grupo de eurodeputados de todos os grupos políticos enviou a Jean-Claude Juncker um pedido formal para que seja retirada a pensão paga ao antigo presidente da Comissão Europeia. 

Em causa está o novo emprego de Barroso no banco Goldman Sachs.

A carta foi enviada a Jean-Claude Juncker, mas é o Tribunal Europeu de Justiça que vai analisar os argumentos elencados por estes parlamentares.

Entre os signatários desta petição encontramos, entre outros, o nome da eurodeputada portuguesa Ana Gomes.

Augusta Henriques – RTP Antena 1

132 mil euros por ano de pensão

Para além da pensão vitalícia de 11 mil euros por mês, o político português vai ainda receber subsídio de reintegração durante 3 anos. Subsídio que ronda os 200 mil euros.

Para além disso, o antigo primeiro-ministro vai ganhar também um salário extra de 25 mil euros, mais despesas de deslocação. (PG)

Sem comentários: