quinta-feira, 15 de setembro de 2016

'Brasil foi sequestrado por um grupo de delinquentes', afirma escritor favorito de Dilma



O escritor falou sobre o golpe no Brasil, o julgamento do impeachment de Dilma no Senado e sobre o sistema de cotas nas universidades

Jamyle Rkain

O escritor favorito de Dilma Rousseff deu sua opinião sobre o Golpe. O angolano José Eduardo Agualusa é colunista d'O Globo e grande entusiasta de causas políticas e humanitárias. Foi uma das figuras mais importantes na busca por visibilidade do "15+2", caso dos ativistas presos em Angola por se reunirem para ler um livro em 2015. Em entrevista para a NINJA, José se colocou contra o golpe:

Como você recebeu a notícia do golpe (impeachment)?

Com muita revolta. O triunfo da injustiça e da estupidez nunca deixa de me surpreender. Acreditei até ao final que prevaleceria o bom senso e a justiça. Aquilo que aconteceu é absolutamente injusto, porque se condena uma mulher por aquilo que ela fez de melhor – permitir que a justiça funcionasse, independente do poder político. Achei um espetáculo grotesco uma mulher inocente sendo julgada por uma maioria de criminosos.

Qual é sua posição sobre isso?

Espero que aquilo que sucedeu sirva para despertar o conjunto da sociedade brasileira, e, em particular, os mais jovens, e que o Brasil consiga ao longo dos próximos meses produzir novas lideranças e novas idéias. Não nos iludamos: o Brasil foi sequestrado por um grupo de delinquentes cujo único objetivo é retomar o controlo do poder judicial. Esta luta é – tem de ser! – a luta de todos os brasileiros honestos.

Deixa um recado pra Dilma?

Estive com Dilma uma única ocasião. Simpatizei logo com ela, aquela sensação de reencontrar alguém da família. Impressionou-me a vitalidade dela, a determinação. Espero que essa determinação não esmoreça nunca. Espero que Dilma consiga canalizar esse sentimento de injustiça e de revolta, transformando-o em algo de positivo.

Eu vi o Brasil mudar ao longo dos últimos 30 anos. Vi como as universidades se enchiam de afro-descendentes. Vi um pensamento brasileiro a afirmar-se no mundo. Não se pode perder isso. Acredito que este é um momento de viragem, e que, no fim, a inteligência triunfará. A justiça triunfará. O Brasil triunfará.

Ninja - Foto: Divulgação

1 comentário:

Anónimo disse...

Escritor favorito? AQUELA ANALFABETA JÁ LEU ALGUM LIVRO???