Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Autor da capa polémica sobre Trump: "Democracia norte-americana está em perigo"



Edel Rodriguez falou com a TSF sobre a capa que desenhou para a Der Spiegel, em que Trump decapita a Estátua da Liberdade.

O ilustrador nasceu em Cuba e aos nove anos viajou até aos Estados Unidos, como refugiado político, em plena Guerra Fria. Edel Rodriguez referiu à TSF que a ideia para a capa surgiu durante um trabalho sobre o terrorismo e as similaridades com as políticas de Trump.

"Durante um par de anos estive a fazer algum trabalho sobre terrorismo e algumas das suas técnicas e quando o Trump apareceu, comecei a fazer algumas imagens sobre Trump. A dada altura, comecei a juntar algumas semelhanças entre os dois. Da mesma que desenhava terroristas a fazerem isto a pessoas, achei que seria uma ideia interessante mostrar Trump a fazer o mesmo à democracia", referiu em entrevista à TSF.

O cubano, entretanto naturalizado americano, desenhou uma imagem de Donald Trump com a cabeça da Estátua de Liberdade decapitada, ensanguentada, enquanto segura também uma faca. A ilustração faz capa da revista Der Spiegel e está nas bancas desde sexta-feira.

"A metáfora é que a democracia e a forma como este país tem acolhido imigrantes no passado está em perigo neste momento por causa desta pessoa. E qual é a melhor maneira de passar essa mensagem? Eu senti que esta era a maneira. Toda a gente percebe o que isto significa. Pode discordar mas toda a gente percebe", explicou Rodriguez.

O ilustrador disse que o cartoon "é uma reação à forma como o Trump é", adicionando que "luta-se contra a propaganda com outro tipo de propaganda".

O artista cubano confessou discordar "de basicamente tudo" o que o presidente norte-americano faz e pensa, aproveitando para relembrar que a Estátua da Liberdade é um símbolo de uma América livre e multicultural.

"Só há um país com a Estátua de Liberdade. É um símbolo de boas-vindas a emigrantes de todos os países. Já recebeu italianos durante a Segunda Guerra Mundial. Recebeu cubanos no meio da Guerra Fria. Eu sou cubano e foi-me permitido vir para os Estados Unidos no meio da Guerra Fria, quando a Rússia e Cuba estavam contra os Estados Unidos. Ainda assim, acolheram-me como refugiado", rematou.

Além da revista alemã Der Spiegel, Edel Rodriguez já publicou ilustrações no The New Yorker, The New York Times, TIME, Newsweek.

Sara de Melo Rocha – TSF – Ilustração: Capa de Der Spigel

Sem comentários: