Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sábado, 15 de abril de 2017

Angola. Jornalista da LAC suspeita que o MPLA tenha influenciado o seu despedimento


Carlos Alberto foi despedido verbalmente e sem justificação e relaciona a saída com o facto de nunca ter elogiado o MPLA e o presidente JES.

O jornalista Carlos Alberto suspeita que o MPLA esteja por detrás do seu despedimento da Rádio Luanda Antena Comercial (LAC).

Dispensado ontem pelo director José Rodrigues, por via verbal, o radialista acredita que o facto de nunca ter elogiado o partido do poder e o presidente José Eduardo dos Santos tenha motivado a sua saída.

“Desconfio, mas não tenho provas, que o MPLA sempre andou atrás de mim. E hoje, mais uma vez, influenciou a cabeça do José Rodrigues para me dispensar. É por isso que ele não consegue dizer quais as razões objectivas para me despedir”, disse, em declarações à Rádio Despertar.

Carlos Alberto lembrou que as suas passagens pela Rádio Nacional de Angola (RNA), Televisão Pública de Angola (TPA) e RTP foram curtas porque “o partido do poder não gostava das minhas abordagens”.

O jornalista disse ainda aguardar pela carta de despedimento, onde espera que a LAC assuma as responsabilidades pelo facto de algumas das suas peças de rádio terem sido censuradas.

O Rede Angola pediu um comentário ao Sindicato dos Jornalistas de Angola (SJA). Em resposta, o SJA disse que irá inquirir a direcção da LAC sobre o caso e só depois irá pronunciar-se.

Rede Angola | Foto Ampe Rogério

Sem comentários: