Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quarta-feira, 12 de abril de 2017

FIM DE UM DIA NEGRO EM PORTUGAL


Dão-lhe o nome de Ao Fim do Dia e é uma newsletter do Jornal de Notícias, hoje quem assina é o José Manuel Gaspar, jornalista daquela casa. Pauta-se por um dia negro em Portugal, más notícias. Por fim lá vem algo de assim-assim, melhor e boas notícias. Vamos ver. (CT / PG)

O horror no nosso quotidiano

O resumo da atualidade parece uma citação do coronel Walter Kurtz: "o horror, o horror". Veja o apocalipse em três casos que estão a arrepiar o país.

Esta é uma história escabrosa e de valores humanos ignominiosos: na segunda-feira dia 10 de abril, em Santa Maria da Feira, uma mulher de 37 anos deu entrada no hospital com sinais de agressão, "já em coma e com lesões cerebrais muito graves", contou fonte da Polícia Judiciária, que está a investigar o caso.

O que lhe aconteceu? Isto: negou dar um cigarro a um vizinho e ele agrediu-a barbaramente, atirando-a por um declive. A mulher caiu desamparada e bateu com a cabeça numa pedra, chegando qo hospital em estado muito grave. Aguentou em coma três dias vivas mas esta quarta-feira, dia 12, não resistiu e morreu.

O agressor já foi identificado e vai agora a tribunal. A história está aqui.

Seguindo a máximo jornalística anglo-saxónica que diz "if it bleeds, it leads", outra notícia que está a liderar leituras no nosso site é o desenvolvimento de outra agressão, agora com tentativa de homicídio voluntário: o caso do homem que, na sexta-feira de 7 de abril, em Águeda, queria matar a mulher por afogamento - e foi descoberto e denunciado por alguém que viu tudo e filmou os atos. O agressor, conhecido como "Zé Mau", de 60 anos, foi detido e está já em prisão preventiva. Leia o caso aqui.

Mas a banalidade do mal, esse conceito criado pela teórica alemã Hannah Arendt, não dá tréguas e escala no top das notícias: a única sobrevivente do massacre alegadamente perpetrado por Pedro Dias em Aguiar da Beira, e que se mantinha viva desde os factos de outubro de 2016, morreu esta quarta-feira. Tinha 26 anos, chamava-se Liliane Pinto. Continuamos a desenvolver anotícia

No resto da atualidade, há pistas para seguir e ler amanhã, quinta-feira, 13 de abril, na edição em papel do JN. Aqui ficam três sublinhados do que estamos a preparar:

No resto da atualidade, há pistas para seguir e ler amanhã, quinta-feira, 13 de abril, na edição em papel do JN. Aqui ficam três sublinhados do que estamos a preparar:

1: Câmaras municipais vão gastar este ano milhões em obras e inaugurações. Porquê? Porque este ano há eleições.

2: Boas notícias para o Norte: região vai ter três novas equipas de reação rápida de ataque aos incêndios.

3: Sabe qual é a equipa de futebol com a defesa menos batida da Europa? É o Porto. E a segunda? É o Benfica. Leia tudo no JN de amanhã.

No "60 segundos", fique a saber que as primeiras 55 mil liquidações de IRS estarão concluídos esta quinta-feira

E hoje, ao serão, já sabe o que vai fazer? Vá ao cinema - anda por aí um documentário imperdível com sessões a esgotar. Chama-se "Paula Rego: histórias e segredos" e é o melhor manual audiovisual conhecido de introdução à nossa mais famosa pintora da atualidade.

José Manuel Gaspar – Jornal de Notícias

Sem comentários: