terça-feira, 18 de abril de 2017

NOVOS POPÓS PARA O BANCO DE PORTUGAL, QUE CHIQUES!

PARTILHAR

Mais de 105 mil euros em três automóveis que aumentam a frota do Banco de Portugal. Viver à grande é apanágio e condição primeira dos que detêm poderes nas mais diversas instituições dependentes do Estado. E o Estado são todos os portugueses. E quem paga todas as estouvadas despesas dos que vivem à grande e à conta dos portugueses são... os portugueses. Uns pagam só com o dinheiro, outros pagam com dinheiro e alguns sacrifícios, outros pagam com os enormes sacrifícios que os empurram e retêm por toda a vida na pobreza.

Popularmente, nos comentários a propósito das mordomias e manias de grandeza dos que vivem à conta de todos os portugueses, chamam-lhes chulos, ladrões e outros mimos que fazem parte do léxico simplificado dos plebeus, dos pagantes. Acrescentam muitas das vezes que afinal andaram nas universidades pagas por todos nós para se formarem no saque e em vivências repletas de mordomias que são acrescentadas a ordenados supimpas e insuportáveis, até imorais. E assim vai Portugal. E assim, esses mesmos que esbanjam o dinheiro e os bens públicos, são capazes de surgir daqui por uns tempos ou mesmo amanhã dizendo que "gastamos demais". O costume.

As considerações acima devem-se a notícia que se segue e nos anuncia que o Banco de Portugal - aquele que não reconheceu falta de idoneidade a Ricardo Salgado e passou a mão pelo pêlo aos banqueiros que nos "paparam" milhares de milhões de euros - comprou por 105 mil euros três BMW. Só uma dessas viaturas custou quase metade dos mais de 100 mil euros. Topo de gama? Gama, no léxico "calão" dos portugueses, significa rouba. Até parece que não é por acaso que assim se expressam e pelo visto é no topo que mais nos "gamam", que mais gastam sem dor, displicentemente, um país depauperado, um país que tem um povo que labuta para sustentar taras, manias e abusos de gente que não merece a menor consideração, porque também não a têm por este povo, os portugueses sistematicamente debulhados e violentados.

Os pormenores, sucintos, via Notícias ao Minuto, pode encontrar já a seguir se continuar a ler. (CT | PG)

Banco de Portugal compra três BMW por mais de 150 mil euros

Banco de Portugal tem vários carros da marca BMW e alargou a sua frota este ano

O Banco de Portugal comprou três novos carros para a sua frota. As viaturas, da marca BMW atingem um valor global de 105.703 euros, excluindo IVA.

Segundo o documento publicado no portal Base do Governo, o contrato foi feito por ajuste direto com a empresa representante da marca em Portugal, a Caetano Baviera, em fevereiro deste ano.

Um dos carros custou ao banco central 26.698 euros, outro 38.401 euros e o terceiro 40.606 euros, valores sem IVA.

Carolina Rico | Notícias ao Minuto

PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: