sábado, 21 de abril de 2018

Natalie Portman cancela viagem a Israel por eventos 'angustiantes'

PARTILHAR

A atriz israelense-americana Natalie Portman cancelou uma visita a Israel, onde deveria receber um prêmio em junho, devido a "eventos recentes" vinculados ao país que foram "extremamente angustiantes" para ela, anunciou a organização que concede o prêmio.

A Genesis Prize Foundation, que disse ter sido informada por um representante da atriz, de 36 anos, nascida em Jerusalém, não detalha a quais eventos se refere.

Em seu site diz, no entanto, que não tem "outra opção senão cancelar a cerimônia inicialmente programada para 28 de junho" para entregar a ela o que às vezes é chamado de "prêmio Nobel judeu", que recompensa o trabalho e a dedicação de uma personalidade à comunidade e aos valores judaicos.

Em meio a manifestações maciças desde 30 de março, 36 palestinos morreram baleados por soldados israelenses e centenas ficaram feridos na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel.

As organizações de defesa dos direitos humanos denunciam o uso excessivo da força por parte de Israel. O secretário-geral da ONU, António Guterres, e a União Europeia pedem uma investigação independente.

A fundação diz que só foi avisada de que "os eventos recentes em Israel foram extremamente angustiantes para Natalie Portman, e que ela não se sente confortável com a ideia de participar de eventos públicos" no país.

Portman "não pode participar com a consciência tranquila nesta cerimônia", acrescenta a fundação, citando um representante da atriz.

A fundação considera Portman uma pessoa "maravilhosa" e "respeita seu direito a estar publicamente em desacordo com as políticas do governo" israelense. Teme, porém, que "sua decisão politize o cariz filantrópico" da organização e cancela, consequentemente, a cerimônia.

AFP | Foto: GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/Arquivos / Frazer Harrison
PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: