domingo, 29 de julho de 2018

Brasil | Preso há mais de 100 dias, Lula lidera VoxPopuli com 41% dos votos

PARTILHAR

A pesquisa foi realizada entre 18 e 20 de julho

Se enganou quem apostou que o embate entre o desembargador Rogério Favreto e a turma do juiz Sergio Moro, por causa do habeas corpus pela liberdade de Lula, causaria impacto negativo na imagem do pré-candidato do PT à Presidência. Pelo menos é o que mostra a pesquisa VoxPopuli divulgada nesta quinta (26). Nela, Lula aparece com 41% das intenções de voto e vence todos os adversários no segundo turno com pelo menos 50% do eleitorado.

Lula está preso há mais de 100 dias em Curitiba, em decorrência do caso triplex. A pesquisa foi realizada entre 18 e 20 de julho, e aferiu que o ex-presidente oscilou para cima, mas dentro da margem de erro (que é de 2,2 pontos), em relação à pesquisa de maio. Veja a íntegra aqui.

Abaixo os principais resultados da pesquisa.

VOTO ESTIMULADO (1º turno)
Lula 41
Bolsonaro 12
Ciro 5
Marina 4
Alckmin 4
Álvaro Dias 1
Manuela D'Ávila 1
Outros 2
Ninguém/Branco/Nulo 18
NS/NR 12

ESTIMULADO COM 5 CANDIDATOS (1º turno)
Lula 44
Bolsonaro 14
Marina 5
Alckmin 4
Ciro 4
N/B/N 18
NS/NR 10

SEGUNDO TURNO
Lula 52 x 10 Alckmin
Lula 50 x 11 Ciro
Lula 50 x 12 Marina
Lula 50 x Bolsonaro 16

VOTO ESPONTÂNEO
Lula 37
Bolsonaro 10
Ciro 3
Alckmin 2
Marina 2
Fernando Henrique 2
Joaquim Barbosa 1
Sergio Moro 1
Aécio Neves 1
Eduardo jorge 1
Álvaro Dias 1
Outros 3
Ninguém/Branco/Nulo 18
Não sabe/não respondeu 18

No dia 8 de julho, deputados do PT entraram no TRF-4 com um pedido de habeas corpus alegando "fato novo": a juíza Carolina Lebbos vinha segurando pedidos para Lula participar de agendas de campanha, entrevistas e sabatinas. Além disso, os parlamentares alegaram que o decreto de Sergio Moro tratou a prisão em segunda instância como automática ao descartar fundamentação, contrariando a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral no dia 17/07/2018 e protocolada sob o número BR-02205/2018.

*Carta Maior | Publicado originalmente no Jornal GGN
PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: