domingo, 8 de julho de 2018

Guiné-Bissau | O affaire do “cheque de 500’000’000,00 (quinhentos milhões) de F CFA’s”

PARTILHAR
Ainda acerca do affaire do “cheque de 500’000’000,00 (quinhentos milhões) de F CFA’s” – Uma novidade!

Abdulai Keita* | opinião

Segue cá em baixo, uma nova info tudo bem fresca; uma novidade interessante. Uma peça testemunha na qual se explica a PROVENIÊNCIA e a CAMINHADA seguida pelo “cheque de 500’000’000,00 (quinhentos milhões) de F CFA’s” (=763’358,78 EUR à 655,00 F CFA/EUR) até chegar ao Palácio da República da Guiné-Bissau. Lembre-se, o cheque entregue aí, no dia 02 de Junho de 2016, com pompas e tambores na presença dos órgãos da comunicação social e segundo estes, pelo nosso S. Exa. So Presi, Dr. JOMAV, ao seu então recém-nomeado Premiê Baciro Djá. Nomeado inconstitucionalmente, no dia 26 de Maio deste mesmo ano.

Se tudo contido nesta peça vir confirmar-se de muito certo tal e qual e talvez muito mais do que isso, faltarão (e/ou faltam) doravante ainda, apenas as infos sobre o PARADEIRO deste cheque.

E acerca disto, sobre o PARADEIRO deste muito dinheiro, tudo está bem claro. Partindo do filtrado desde a data antes referida até aqui, neste affaire, à opinião pública nacional e internacional, a bola está agora doravante apenas unicamente no campo dos nossos dois concidadãos: (1) o nosso S. Exa. So Presi, Dr. JOMAV e, (2) seu Ex So Premiê, Baciro Djá. É e cabe a estes dois explicar de agora em diante!, ao povo bissau-guineense!, do PA-RA-DEI-RO, deste cheque. De maneira séria! Mas bem séria! Não à moda do pingue-pongue de “entreguei-lhe/não me devolveu”, parada por estes dois concidadãos até aqui na nossa praça pública neste affaire.   

Eis no seguinte a referida peça.

«Julio Mamadu Balde <juliomamadubalde@gmail.com>
À :abikeita@yahoo.fr
Date: 29 juin 2018 à 16:47

Mr Julio BALDE
Ex Secretaire General AGC

Lieber Freund.
Li o teu artigo sobre o cheque dos Quinhentos Milhões. Muito pertinente as tuas questões. Vielen Dank.  Somente gostaria de te informar que aqueles fundos vieram de bonus de assinatura para a concessão de uma licença de prospeção que se efectou com uma empresa Petrolífera denominado Impact Oil. Era na ordem de Dois Mil Milhões. Sob a decisão do Presidente da Alta Autoridade Presidente Macky Sall, foi instruida a AGC de retroceder este valor aos dois Estados; nomeadamente  para Senegal e Guiné-Bissau, aplicando logicamente de uma forma indicativa a chave de partilha 15% e 85%. Entretanto numa audiência com o Presidente Sall ele acordou de não seguir rigorosamente as proporções porcentuais, autorizando deste modo que a Guiné-Bissau recebesse os Quinhentos Milhões e Senegal 1.5 Mil Milhões. Foi neste ambiente que a AGC informou ao Presidente Jomav sobre esta decisão. Ele na qualidade do Vice Presidente da Alta Autoridade da AGC, instruiu que o montante destinado para a Guiné-Bissau fosse libelado em nome do Ministério da Economia e Finanças e que posteriormente iria indicar ao governo o destino da verba. Aguardamos oito meses, repentinamente fomos chamados eu e o Administrador da Agencia que è da nacionalidade senegalesa para trazer em o em cheque a verba da Guiné-Bissau. Uma vez no Palácio da República em Bissau a nossa delegação foi supreendida com a cerimónia publica da remissão do cheque e na mesma altura com a instrução do PR que o dinheiro iria ser utilizado para a construção da Avenida João Bernardo Vieira. Somente para informar que o Secretário Geral da Agência não tem competência para decidir sobre a retrocessao das verbas da Agência para os Estados. Isto è da exclusiva responsabilidade dos chefes de Estado. Agora como foram utilizados os fundos cabe o Estado da Guiné-Bissau informar o publico que presenciou através da Comunicação social o acto da entrega do cheque . Portanto é injusto pensar que o Secretário Geral na altura trouxe Quinhentos Milhões para seduzir o Presidente.

Espero poder esclarecer a duvida, e […].
Viele liebe grusse.
Julio Balde»

Obrigado lieber Freund, Sr. Júlio Baldé, Ex-secretário Geral AGC. Ich bin richtig erleichtert. Danke. E obrigado a todos vós leitoras/leitores destas linhas.

Pela honestidade intelectual.

Por uma Guiné-Bissau de Homem Novo (Mulheres e Homens), íntegro, idóneo e, pensador com a sua própria cabeça. Incorruptível!

Que reine o bom senso.
  
Amizade.
A. Keita

PS.: Para mais info neste assunto, consultar: http://www.rispito.com/2018/06/pr-se-auto-denunciou-no-seu-balanco-de.html#more, acessado, 28.06.2018; http://guine endade.blogspot.com/2018/06/opiniaos-exa-so-presi-dr-jomav-se.html, acessado, 28.06.2018; ou, http://paginaglobal.blogspot.com/2018/06/ guine-bissau-avenida-joao-bernardo, acessado, 29.06.2018.   
PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: