segunda-feira, 30 de julho de 2018

Renúncia | BE reúne comissão de emergência para escolher sucessor de Robles

PARTILHAR

A direção bloquista vai voltar a reunir-se, esta segunda-feira à noite, em torno do caso de Ricardo Robles, na sede do partido, em Lisboa. Em cima da mesa, estará unicamente a decisão de quem irá substituir o agora vereador demissionário.

Esta é a segunda vez em três dias que o BE reúne em torno do caso de Ricardo Robles, que tem estado em destaque no panorama político nacional desde sexta-feira, por um prédio comprado, em Alfama, para investimento imobiliário. A comissão política tinha agendado a próxima reunião para 11 de setembro, mas a renúncia de Robles aos cargos na Câmara de Lisboa e na concelhia obrigou os dirigentes a convocar novo encontro.

Depois de a direção bloquista ter concluído que "a conduta do vereador Ricrdo Robles em nada diminui a sua legitimidade na defesa das políticas públicas que tem proposto e continuará a propor" e de Catarina Martins ter saído em defesa do coelga de partido, o autarca veio, esta segunda-feira, a demitir-se de funções.

Na base da "decisão pessoal" tomada, está uma notícia avançada pelo "Jornal Económico", na passada sexta-feira, que dá conta que, em 2014, o autarca adquiriu um prédio em Alfama por 347 mil euros, que foi reabilitado e posto à venda, em 2017, reavaliado em 5,7 milhões de euros. A notícia caiu mal à oposição, com o PSD a pedir a demissão do bloquista, especialmente por Robles ser um acérrimo crítico da expeculação imobiliária.

Jornal de Notícias | Foto: Arquivo/Global Imagens
PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: