sábado, 13 de outubro de 2018

Este sábado | Furacão Leslie: A partir das 18h, em Lisboa, evitar "zonas junto ao rio"

PARTILHAR

Depressão pós-tropical vai este sábado chegar a Portugal e entrará pela cidade de Lisboa. Autoridades aconselham preparação e precaução, evitando a zona ribeirinha depois das 18h da tarde.

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa esteve esta manhã de sábado reunido com as juntas de freguesia da cidade, assim como com as demais autoridades competentes para delinear um plano de ação, em consequência da passagem por território continental do furacão Leslie, cuja entrada será na zona de Lisboa.

Embora este sábado tenha amanhecido com tempo ameno e soalheiro na zona de Lisboa, é esperada uma drástica alteração da meteorologia a partir das 18h da tarde, motivo pelo qual Fernando Medina e o Tenente Coronel Carlos Morgado, da Proteção Civil municipal, fizeram uma conferência de imprensa de alerta à população.

O presidente da Câmara destacou o “agravamento da situação meteorológica decorrente do furacão Leslie” e alertou para “um sentimento de prevenção por parte da população da cidade de Lisboa, ponto de entrada no território português”.

Carlos Morgado acrescentou que o fenómeno meteorológico está “a poucas horas de entrar no continente” e que será “muito focalizado na área de Lisboa”. “Aconselhamos todos os munícipes e visitantes da cidade de Lisboa a tomar precauções”, pediu.

“Estamos preocupados com o vento, com a agitação marítima e, naturalmente, com a precipitação. A partir das 18h da tarde todos os visitantes, todos os munícipes, não devem frequentar a zona baixa, junto ao rio. Mantenham-se no interior das residências”, alertou.
É deixado também um pedido para que, nas próprias moradias, ter atenção a obras em execução ou vasos e outros objetos que estejam soltos, para que sejam tomadas medidas de segurança.

O período crítico acontecerá entre as 23:00 de sábado e as 4:00 de domingo, sendo a recomendação geral não sair de casa e evitar completamente o trânsito em zonas costeiras, conforme já havia indicado a Proteção Civil.

O furacão Leslie, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), está em processo de transição para a uma depressão pós-tropical, mas esse facto não alterará a velocidade dos seus ventos, cujas rajadas podem ser superiores a 130 quilómetros por hora.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), recorde-se, colocou 13 distritos sob aviso vermelho por previsão de vento forte, e alguns também por agitação marítima, consequência da passagem por território continental do furacão Leslie. Setúbal, Lisboa, Leiria, Coimbra, Aveiro, Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real, Castelo Branco, Viseu e Guarda e Santarém são os distritos sob aviso vermelho.

Anabela de Sousa Dantas | Notícias ao Minuto | Foto: Global Imagens
PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: