domingo, 29 de dezembro de 2013

PELO MENOS 18 MORTOS NUM ATENTADO SUICIDA NA RÚSSIA

 


Pelo menos 18 pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas hoje durante o ataque de uma bombista suicida numa estação de comboios de Volgograd, revelou a polícia local.
 
Um funcionário do Comité Nacional Anti-Terrorismo disse à agência de notícias RIA Novosti que a explosão foi provocada por uma mulher bombista.
 
Segundo as primeiras informações, a explosão ocorreu no segundo piso do edifício da estação "Volgograd-1".
 
A explosão ocorreu no interior da gare cerca das 12:45 locais (08:45 em Lisboa), precisou à agência Itar-Tass uma porta-voz do ministério regional do Interior.
 
A Itar-Tass adianta que a explosão ocorreu perto dos detetores de metal colocados à entrada da principal estação da cidade.
 
Volgograd, antiga Estalinegrado, foi cenário no passado dia 21 de outubro do atentado terrorista mais grave ocorrido na Rússia nos últimos anos, quando uma terrorista suicida oriunda do Cáucaso matou seis pessoas num autocarro.
 
Este atentado levantou dúvidas quanto à segurança dos Jogos Olímpicos de Inverno na cidade de Sochi, junto ao mar negro, perto de Volgograd, que devem começar em fevereiro.
 
Vladimir Putin reforça segurança depois de atentado suicida
 
O atentado suicida que ocorreu hoje na estação de comboios de Volgograd, na Rússia fez com que o presidente do país, Vladimir Putin, reforçasse as medidas de segurança, indica a Reuters. Os Jogos Olímpicos de Inverno decorrem em menos de um mês.
 
O presidente russo reforçou as medidas de segurança, depois do atentando suicida que ocorreu hoje.
 
Notícias ao Minuto com Lusa
 

Sem comentários: