sábado, 28 de dezembro de 2013

Polícia indonésia alerta turistas após cobra ter matado guarda em hotel de luxo

 


Jacarta, 27 dez (Lusa) -- A polícia indonésia lançou um alerta aos turistas, após um guarda de um hotel de luxo em frente à praia, na ilha de Bali, ter sido morto por uma cobra de quatro metros, ainda em parte incerta.
 
O guarda, Ambar Arianto Mulyo, de 59 anos, viu a serpente "python", conseguiu capturá-la, segurou a cabeça com a mão direita e a cauda com a esquerda, mas a cobra provou ser demasiado forte, conseguindo envolver-se em torno de seu pescoço e estrangulá-lo, contou um polícia.
 
"A vítima morreu no local, uma vez que o pescoço foi esmagado e ele não podia respirar", disse o chefe da unidade de investigações criminais da polícia que cobre a área de Sanur, Gusti Ngurah Yudistira, citado pela AFP.
 
Ambar Arianto Mulyo estava na companhia de amigos, mas aqueles estavam muito apavorados para intervir e ajudar, adiantou o responsável da polícia, que acredita que a serpente está ainda à solta eventualmente numa área popular de Sanur.
 
As autoridades policiais da região de Sanur efetuaram buscas no hotel e nos extensos terrenos à volta, mas não conseguiram encontrar o animal, adiantou Gusti Ngurah Yudistira.
 
"Nós pedimos aos moradores e turistas para ficarem em alerta", disse o responsável, acrescentando que a cobra pode ter deslizado para uma área próxima de folhagem espessa em frente ao hotel.
 
O ataque mortal ocorreu numa altura em que muitos turistas estrangeiros se encontram a passar os feriados de Natal e do Ano Novo nas praias daquela ilha indonésia.
 
MMT // VM - Lusa
 

Sem comentários: