segunda-feira, 6 de junho de 2016

Angola. MPLA TEM DONO

PARTILHAR


Raul Dinis, opinião

DONO DO "M" FEZ DA FILHA BELITA DOS OVOS, A  ACIONISTA MAIS IMPORTANTE DO MPLA!

José Eduardo dos santos comprou o MPLA por um milhão de dinheiro nenhum, porém, JES entenderá a duras penas que os angolanos apesar de surripiados  pela cambada de abutres gananciosos da sua família, não são compráveis por não fazerem parte do espolio do MPLA por ele comprado.

ERA UMA VEZ UMA FAMÍLIA DE GATUNOS QUE CONSTITUIU UMA CLEPTOCRACIA  AUTOCRÁTICA EM ANGOLA.

O presidente José Eduardo dos Santos atingiu o ápice da insanidade mental inaceitável.  Definitivamente percebe-se hoje a inexistência de razoabilidade conduta democrática no sistema politico por ele implantado que mais se parece com uma idiocracia. Resumindo, A irresponsabilidade negligente tomou conta da inteligência coletiva da direção do partido da situação.  Não é difícil entender a indisponibilidade da direção do MPLA de frenar o despotismo do seu autoritário presidente. O receio de perder benesses e demais regalias, faz  transbordar o medo no interior do partido que sustenta o regime, que por sua vez anulou o discernimento coletivo da direção do MPLA, levando-o a atingir níveis de impopularidade maximizada.

A GANANCIA E A ARROGÂNCIA DE JES DEU LUGAR A UM ESTADO GRAVOSO DE IMATURIDADE POLÍTICA PERIGOSA.

A ignorância cega de JES é comprovadamente irreversível, hoje mais duque nunca fica comprovada essa tese. O analfabetismo politico e a falta de estratégia e de confiança nos seus membros levou JES a nomeação sua filha como PCA da Sonangol sem nenhuma oposição no interior do seu partido. Essa atitude resultou como uma estrondosa machadada desferida contra a liderança do seu partido que atravessa hoje uma flagrante crise de identidade politica.

A NOMEAÇÃO DA ISABELINHA DOS OVOS SITIOU O PAÍS DE SI JÁ DEMASIADO OPRIMIDO. JES COMPROU UMA BRIGA DESNECESSÁRIA QUE PODERÁ COMPROMETER EM DEFINITIVO A SUA SONHADA SUCESSÃO SANGUE PURO.

Com a sua atitude JES não feriu somente a consciência do cidadão da Angola profunda, mas também atingiu a consciência da atenta sociedade inteligente ativa.  É sabido que ao longo de 40 anos de independia em 11 de Novembro de 1975, o regime provocou a abertura de feridas muito profundas em quase todo país que ainda não estão cauterizadas além do país estar a viver uma hecatombe cataclísmica que vem provocando uma cíclica erosão sem precedentes no relacionamento entre governantes e governados.

NÃO VAMOS JAMAIS ESQUECER A DOR QUE JES NOS TEM CAUSADO AO LONGO DO SEU DESASTRADO CONSOLADO DE TRINTA E SETE ANOS.

Uma direção partidária que age oprimida compromete a sua independência decisória por não possuir um pensamento independente. A direção do MPLA age coletivamente submissa a vontade do seu chefe, ela tem demonstrado total apatia ao sofrimento do povo que dizem representar. Nunca se viu um partido que teme não satisfazer o seu chefe. A caraterística dessa obediência canina em relação à JES transparece estarem dopados. O culto de personalidade exigida faz o MPLA uma organização criminosa do qual os discípulos vivem temerosos, sobretudo receosos em contrariar a vontade do chefe, que exige deles uma lancinante obediência alucinante. Essa foi a principal razão que levou JES a nomear sua filha para PCA da Sonangol sem oposição. Porem essa nomeação representa um enorme retrocesso  e  serve objetivos estranhos que fogem a compreensão do povo. Pior que tudo é que gesto da nomeação da Belita dos ovos atropelou a constituição dividiu significativamente a sociedade, em suma, a nomeação da Isabelinha dos ovos foi um tremendo erro de calculo de JES.
______________

JÁ VIVENCIAMOS EM ANGOLA TODO TIPO DE ABUSOS DA PARTE DE DOS SANTOS, MAS NADA FOI TÃO PROFUNDO COMO ESSA ABUSIVA NOMEAÇÃO DA FILHA PARA PCA DA SONANGOL.

Hoje o estado de saúde mental dos angolanos se parece com uma receita de desastre atómico, motivado pelo sentimento de indignação frustrante provocado pela sacralização do estado de sitio imposto pelo ditador. Nunca os angolanos sonharam assistir tais abusos atentatórios contra a moral pública, sobretudo vindo da parte de quem deveria em absoluto zelar pela legalidade das instituições do estado.

CHEGOU A HORA DE LUTARMOS UNIDOS PARA ESTABELECER-SE NO PAÍS O RESPEITO E A LEGALIDADE DEMOCRÁTICA NAS INSTITUIÇÕES DO ESTADO LIVRE DE DIREITO QUE SE PRETENDE.

Todo angolano espera encontrar no presidente da UNITA Isaías Samakuva receptividade e apoiar participar de um renovado estilo de luta adequado ao momento critico que se vivencia em Angola. Por outro lado a UNITA devera aproveitar e renovar-se nesse processo de luta politica para sair do recalcado estado de ostracismo cobarde em que se remeteu voluntariamente. A UNITA não necessita de um estagio de redenção, ela necessita somente  tomar decisões assertivas e humildemente como no passado colocar-se a disposição dos pobres e de lutar lado a lado com o povo na rua caso deseje restaurar a admiração e o respeito do povo.

QUANTO A CASA-CE, QUE APRENDA COM O SEU MILITANTE, O NACIONALISTA SUPRAPARTIDÁRIO WILLIAM TONET QUE ACABA DE CONVENCER-SE QUE SE FAZ NECESSÁRIO INOVAR PARA AGIR DIFERENTE MANIFESTANDO-NOS NAS RUAS DE ANGOLA.

A CASA-CE de Abel Chivukuvuku deve refletir sobre o sucedido com a nomeação da Isabelinha dos ovos, e com elegância manifestar-se agindo afrontosamente contra a nomeação da PCA ladra Isabel dos Santos conforme disse publicamente o nacionalista suprapartidário William Tonet membro dessa coligação politica, que se faz necessário e urgente sair maciçamente em manifestações de rua.

Espero sinceramente uma atitude de intervenção pragmática da parte da CASA-CE e em especial  dos meus amigos Abel Chivukuvuku, William Tonet e o Miau para diluir o estado de inação sistêmico  face da gravidade da situação politica critica que vivemos, e que nos obriga a passar por momentos horripilantes.

NÃO TEMOS QUE SENTIR MEDO DE MORRER.

Permito-me não somente criticar indelével o líder da CASA-CE, mas, igualmente lembra-lo que  juntos passamos por momentos piores que a morte. Igualmente lembro ao Almirante meu camarada Miau, que juntos desbravamos o país de Cabinda ao Cunene e do mar ao Leste em busca da liberdade para o nosso povo, por isso não poderia entender que razões de cobardia e medo da morte sejam razões objetivas levam a CASA-CE  refugiar-se por detrás de um falso elã chamado de assembleia nacional!

NÃO NOS PODEMOS ACOMODAR NEM AGIR ENCAPOTADOS EM PRETENSIOSOS DISCURSOS ALIENADOS.

Aludo aos dirigentes políticos democratas que sempre estiveram e estão disponíveis para apoiar a luta do povo contra a tirania do Bloco Democrático que jamais se abstiveram de permanecer na luta aberta ao lado do povo, permitam-me camaradas Marcolino Moco,  Vicente Pinto de Andrade dentre outros militantes do ‘M” afastados, por nunca terem desistido em usarem as vossas esplendidas sapiências ao serviço do povo.  

ENQUANTO O PRESIDENTE DA REPÚBLICA CONTINUAR A MANIPULAR TUDO E TODOS E MANTER SOB SUA TUTELA O SEQUESTRO DA REPÚBLICA NÃO HAVERÁ PAZ.

Não existe em Angola harmonia entre os três puderes e a sociedade, tudo em Angola é manipulado pelo gangster maior da republica JES. As instituições do poder concentrado na pessoa de José Eduardo dos Santos são disfuncionais e hiper controlado a partir da cidade alta. O MPLA nacionalista morreu ou no mínimo está moribundo e/ou desgastado. É verdadeiro a atual informação que no partido reina o sentimento que o partido MPLA tem dono, e o dono mora na cidade alta.  O estranho mesmo é inexistir alguém que possa parar José Eduardo dos Santos de continuar a mutilar o país e a dividir as suas gentes.

JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS ASSASSINOU A CONSTITUIÇÃO MATOU A LEI E ESCANCAROU AS INSTITUIÇÕES DO ESTADO. HOJE JES CONFUNDE O QUE É SEU COM O QUE PERTENCE AO ESTADO.

Um partido com a grandeza do MPLA não experientes e corajosos conselheiros nem mesmo  alguém que dê um basta  ao desmandos do seu presidente que causam tanto desgaste a  imagem do partido junto da sociedade cível e não só! JES mostrou o seu poder e nomeou mais uma filha, porém dentro do aparelho do MPLA ninguém se opôs a ideia da nomeação abusiva.  A atitude da direção do MPLA em remeter-se a um silêncio anacrônico face á nomeação abusivamente atentatória aos princípios democráticos ajudou a sociedade inteligente ativa unir-se, este modo, estão reunidos os ingredientes necessários para uma justificada revolta da proporcional da sociedade angolana, por ela sentir-se agredida na sua essência.

INFELIZMENTE PARA O MPLA AS SURPRESAS DESESPERANTES NÃO ACABAM AQUI.

Aguarda-se a entronização de Isabel dos Santos como candidata do MPLA ao cargo de vice-presidente da república em 2017. Essa indicação será exposta no congresso. Para completar a peça, espera-se o silencio absoluto na cúpula do MPLA e igualmente no interior do regime. Não há páreo no MPLA nem no interior do regime para parar José Eduardo dos Santos que impeça JES de por em pratica o plano inicial da sua sucessão.  O único adversário capaz de anular JES no interior do MPLA é o próprio JES.

NO INTERIOR DO MPLA E DO REGIME NINGUÉM PÔDE INVIABILIZAR A NOMEAÇÃO DA ISABELINHA DOS OVOS.

Essa invulgar nomeação da Isabelinha dos ovos para PCA da Sonangol não é nem de perto nem de longe o epílogo do script escrito por José Eduardo dos Santos, o que aconteceu foi apenas o primeiro ato da grotesca encenação da opereta que começou a ser mostrada ao publico apático. Então camaradas até o próximo capitulo no congresso do partido MPLA.

PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: