quarta-feira, 27 de julho de 2016

TERRORISTAS TAMBÉM SÃO OS EUA E ALIADOS NESTE MUNDO LOUCO

PARTILHAR


Hoje há Expresso Curto. Por opção não o ingerimos todos os dias, dependendo da cafeína com que o servem. O servidor de hoje é João Vieira Pereira, um dos imensos diretores do burgo Bilderberg, aliás, do tio Balsemão. Este Expresso vem com espuma e lágrimas. E também a achar que o mundo está louco. Eles lá sabem. É que as loucuras de que se queixam também cabem muito nas responsabilidades de certos e incertos jornalistas ou daqueles que só se dizem e armam em jornalistas só porque falam com eles. Coisas do mundo louco em que cada um passa a vidinha a olhar para o seu umbigo, a dizer que sim, a curvar-se, a lamber botas e zás: tomem lá mais um “grande profissional” que merece ser chefe disto e daquilo para os outros e servidor de um sistema desumano com fraudulentos ares de democrata. Adiante. Ala que se faz tarde.

Degolaram um padre em França. Assassinaram aqui e ali com facas e machetes. Fizeram-se explodir com bombas… Na Europa e pelo resto do mundo o Daesh e mais uns quantos já “passados” com esta sociedade assente num sistema a modos que Bildbergiano matam e ferem que se fartam. Vai daí já passou a ser rotina. Entretanto os responsáveis continuam impunes. Sendo sabido que os EUA, a Alemanha, a França, a Inglaterra e etc. têm sido os fornecedores daqueles que matam que se fartam e se dizem ISIS, Daesh, e o raio que os partam. Uma das pessoas que tem responsabilidades acerca dos fornecimentos ao ISIS é agora a candidata presidencial norte-americana, Hillary Clinton, mulher de Bill Clinton, ex.presidente daquele sistema de terror para as moles imensas de explorados, oprimidos e assassinados. Na verdade seria um espanto se... Uma colaboracionista do terrorismo que enche as manchetes dos jornais vai (vai?) ser presidente dos EUA. Não é de espantar. Nos EUA raramente as administrações não incluem terroristas e colaboradores de terroristas.

Terroristas dos tempos idos mais próximos recordo Henry Kissinger e os presidentes que serviu, mais recentemente os EUA tinham por presidente o sanguinário e assassino George W. Bush - com um cardápio longo de crimes contra a humanidade. Filho do tal Bush pai, outro do mesmo jaez. Os EUA dos cowboys refinou-se e depois de contas feitas já matou mais por esse mundo fora que o ISIS ou Daesh. Parece que disso ninguém fala. E isso pouco importa. Presentemente até há a possibilidade de um fanático fascista ser eleito em vez da madame Clinton, o tresloucado Donald Trump. Uma trampa de sujeito. E é essa a terra do “sonho americano”, das balelas. Na realidade é a terra do pesadelo norte-americano.  e do mundo. Um império que há-de cair de podre como todos os impérios que a história nos mostrou que caíram.

Atentem: o terrorismo que está nas manchetes tem sido direta e indiretamente fomentado por uns quantos da “Vidairada”, os EUA e aliados mais robustos economicamente – principalmente anglófonos. Esses são os primeiros terroristas, os principais terroristas. E são esses que dão origem a fanáticos assassinos como a Alcaeda e os do Daesh. Como sempre, em tudo isto, quem se lixa é o mexilhão, os povos – que ironicamente até votam na cambada de criminosos eleitos através máquinas de propaganda terrificas e que servem os senhores das guerras, do terrorismo, da exploração, do tráfico de drogas, do tráfico humano, do armamento, e etc. Não servem a democracia, nem a justiça, nem a humanidade. Nem o mundo.

Entretanto há jornalistas que dizem que o mundo está louco. Pois está. É uma loucura que serve em exclusivo aos poderes instituídos, poderes criminosos a que chamam democráticos. Muito disso também se deve a jornalistas e escribas ao serviço desse imenso sindicato do crime global. A cada um as suas responsabilidades.

Uf. Assunto macabro. Hediondo. Assim é impossível termos um bom dia. Mas temos de pensar nisto e reverter a situação. Acabar com os terrorismos. Todos eles, incluído o económico-financeiro, principalmente.

Bom dia de praia, se conseguirem. Pelo menos que aqui em Portugal e no mundo os esfomeados tenham o que comer. Claro que sabemos que há milhões que não têm. Nem comida, nem água, nem cuidados primários de saúde, etc… Desde a meia-noite de hoje até à hora a que lê isto (se for capaz de ler) quantas pessoas é que já morreram de fome? Cem? Duzentas? Trezentas? Mais?

Pois. É terrorismo que raramente vem nos cuidados e trabalhos dos tais jornalistas com a incidência daquele detestável e horroroso Daesh. Mas acontece todos os dias, a todas as horas do dia, todos os minutos. Terrorismo quase silenciado que faz muito mais vítimas. Mas… que se lixe. Vamos lá tratar do que os patrões bildbergianos gostam.

Entretanto, importa dizer, há muito boa gente por esse mundo fora. Mais tarde ou mais cedo esses serão o garante de um mundo melhor. Eles serão os psiquiatras de sucesso deste mundo louco. E para isso terão que fazer justiça. Erradicar deste mundo a podridão que a ganância dos do 1% e ilhargas gera.

Mário Motta / PG

Bom dia, este é o seu Expresso Curto

João Vieira Pereira – Expresso

Louco, o mundo está louco

Bom dia,

Louco? Estarei a exagerar? Deixo que decida por si. Vejamos:

A Normandia foi colonizada por povos do norte da Europa. Conhecidos pelas suas capacidades guerreiras foram ‘convidados’ a viver em França para ajudar a defender o território. Goscinny e Uderzo retrataram-nos como homens que não conheciam o medo.

Mas o medo desceu à Normandia. Pelo gume da faca de dois fanáticos. “Obrigaram o padre a ajoelhar-se” num ritual encenado e filmado. O resto é do mais bárbaro que possamos imaginar. E mesmo que a cena seja copiada de muitas outras com as quais já fomos feridos não deixa de revoltar.

Esta forma de terrorismo demasiado simples, que leva dois indivíduos com bombas falsas a matar com o recurso a uma simples faca, tem o poder de atingir o objetivo final. O medo. Como diz Daniel Ribeiro “os atentados em França são já uma rotina aflitiva”. Em 18 meses a França conta já 250 vítimas em atentados terroristas. “Estamos em guerra” gritam os franceses. O pior é que, na realidade, estamos todos.

A reação da Igreja Católica não se fez esperar pela voz do Papa Francisco. Esta é a primeira vez que um atentado na Europa atinge deliberadamente um padre. Podemos estar perante uma guerra de configuração religiosa no velho continente?

Em Nice a polícia deteve mais dois homens por suspeitas de terem ajudado Mohamed Lahouaiej Bouhlel, que há duas semanas causou a morte a mais de 80 pessoas.

Hoje, a Comissão Europeia deverá tomar uma decisão sobre assanções a aplicar a Portugal. Será qualquer coisa entre €0 e €360 milhões. O mais provável é que a Comissão opte por uma multa simbólica. O El País escrevia ontem que o valor devia ser fixado perto do €93 milhões.

Para António Costa são €93 milhões a mais. O executivo diz que vai recorrer da decisão do Ecofin junto do Tribunal de Justiça da União Europeia se a multa foi superior a zero! Se a moda pega... Será que qualquer um de nós poderia processar todos os governos dos últimos anos por nunca terem cumprido as metas do défice a que estavam obrigados?

"A situação não está muito simpática" foi assim que António Costacomentou o assunto ao Público. A notícia, que faz hoje manchete do diário, diz que o primeiro-ministro já admite que Portugal não vai evitar uma multa.

Mais importante que o valor das sanções é perceber quais as recomendações que vão sair da reunião para que Portugal volte a colocar as contas públicas em ordem e assim evitar novas sanções. Em cima da mesa poderá estar a obrigação de Portugal atingir um défice de 2,5% este ano. Um valor ainda assim superior aos 2,3% exigidos em maio.

OUTRAS NOTÍCIAS

Fez-se história em Filadélfia. E apesar de Bernie Sanders ter sido o herói improvável de um congresso que até estava a correr mal, é Hillary Clinton que ali foi reconhecida como candidata do Partido Democrata. Cabe a ela a tarefa de derrotar aquela figura sinistra que dá pelo nome de Trump. Em 1894 foram eleitas as primeiras mulheres para um cargo político nos Estados Unidos. Mais de 100 anos depois Clinton é a primeira mulher a disputar eleições com o objetivo de voltar a ocupar a Casa Branca, desta vez como presidente e não primeira-dama. A noite ficou ainda marcada pelo discurso "intensamente pessoal" de Bill Clinton.

Começa hoje a Comissão Parlamentar de Inquérito à Caixa Geral de Depósitos com a audição de Jóse de Matos. Continua o desfile dos 19 nomes que vão ocupar a administração. Ângelo Paupério, líder da Sonae, é mais um. Dúvida: eu não percebo nada de conselhos de administração de bancos, mas será que o grupo Sonae não tem qualquer relacionamento comercial com a Caixa que torne este nome incompatível com as funções que vai ocupar?

Ainda sobre nomes para a Caixa, ficámos a saber que os diretores do BPI, que supostamente vão ser administradores executivos do banco público, afinal “não fazem falta” a banco de Fernando Ulrich. As declarações de CEO do BPI até se percebem, pois queria sublinhar que o seu banco tem muitos quadros bons, mas não lhe fica bem dizer que os que não fazem falta servem para administradores da Caixa.

Ainda na banca, o Diário de Notícias escreve que uma decisão sobre avenda do Novo Banco foi adiada para Setembro.

A nível internacional os olhos estão todos postos no banco mais velho do mundo. Monte dei Paschi di Siena pode voltar a falhar os testes de stress, que deverão ser divulgados na próxima sexta-feira pelo BCE, levantando dúvidas sobre a força da banca europeia. OFinancial Times diz que as necessidades de capital do banco italiano podem chegar aos 5 mil milhões de euros.

O Deutsche Bank apresentou lucros de €20 milhões, o que para um gigante é mesmo muito mau. Este resultado obtido no segundo trimestre compara com os lucros de €818 milhões obtidos no mesmo período do ano passado.

Um tacho para ti, outro para ali, e mais alguns para quem apanhar.Metro, Transtejo e Carris vão voltar a ter administrações separadas. Marcelo Rebelo de Sousa promulgou o diploma de António Costa que revoga a decisão do anterior Governo de junção da gestão das três empresas e que permitiu a redução de 13 para cinco administradores. Cumprido!

Não se sabe quem cedeu, mas a batalha entre as operadoras pelos conteúdos de futebol acabou com o acordo alcançado entre todas para a “disponibilização recíproca de direitos de transmissão relativos a eventos desportivos”. A guerra segue dentro de momentos.

Do alto dos meus 1,88 lembro-me que o chão do metro e do autocarro estava sempre coberto de cabelo, com uma careca aqui ou acolá. Agora sinto-me um entre iguais. Constatação fundamentada pelo Imperial College de Londres que chegou à conclusão que nos últimos cem anos os portugueses cresceram 13,9 centímetros e as portuguesas 12,5 centímetros. Portugal está entre os países cuja altura média mais cresceu. Veja aqui o resumo do estudo.

Quando se anda navegar pelos jornais de todos o mundo encontramos pérolas que temos de partilhar de imediato. Conflict é o novo documentário da Netflix dedicado a fotojornalistas em zonas de Guerra. Depois de ler esta crítica já sei o que vou fazer logo à noite.

O Reino Unido só deverá ativar o artigo 50, que dá inicio às negociações para a saída da União Europeia, no início do próximo ano. A revelação foi feita por Liam Fox, secretário do comércio internacional.

O QUE DIZEM OS NÚMEROS

€90 milhões é o valor da transferência de Gonzalo Higuaín doNápoles para a Juventus. Apesar do montante astronómico ainda fica atrás dos valores de Gareth Bale e Cristiano Ronaldo que continuam a liderar as transferências mais caras do futebol mundial. Pelo menos até ao tão esperado negócio da venda do passe de Paul Pogba para o Manchester United.

321 e 27. Número de redução de trabalhadores e de balcões, respetivamente, que o BPI tem previsto para este ano. Infelizmente esta será uma tendência em toda a banca durante os próximos anos. O BPI apresentou ontem lucros de 105.9 milhões no primeiro semestre (mais 39,1%). Angola continua, para o BPI, o ‘El Dorado’.

27% foi quanto caíram os lucros da gigante Apple no último trimestre. A empresa está a lidar com a primeira queda de vendas do iPhone desde que foi colocado à venda em 2007. Como consequência as receitas estão também a cair. Mesmo assim a empresa lucrou algo como 9,7 mil milhões de dólares, coisa pouca.

O QUE EU ANDO A LER

Deixo três sugestões de leitura para os próximos dias.

Começo pela Exame. É quase Agosto e como manda a tradição, publicamos a lista dos mais ricos. Neste caso os 25 mais ricos de Portugal. Para saber quem lidera este ano vai ter de esperar pelas oito da noite de hoje. Deixo apenas aqui alguns aperitivos. Há mudanças no pódio. Juntos, os três primeiros, valem qualquer coisa como 6,5 mil milhões de euros. E todos somados, os 25 mais ricos, representam 8,3% do PIB nacional. Vale a pena espreitar a edição deste mês.

E já que estamos na Exame lembro ainda o artigo de Henrique Raposo que faz capa da edição que ainda está nas bancas. “O Norte que puxa pelo país” não é apenas um elogio à capacidade empreendedora e industrial da região, é acima de tudo um reconhecimento. Obrigatório para com todos os empresários que na zona mais produtiva de Portugal constituem o verdadeiro tecido empresarial.

Continuando nas revistas especializadas em economia, a Fortune de julho tem um artigo imperdível para quem gosta de tecnologia e de carros. “Silicon Valley goes to Detroit” é uma viagem sobre como a tecnologia está a mudar a maneira como vivemos com o carro. Esqueça a mudanças manuais, a embraiagem perra, os acidentes causados por pequenas distrações ou até aqueles pequenos toques com os quais tentamos encolher o nosso carro e aumentar o espaço do estacionamento. Os carros autónomos são já uma realidade que pode estar completamente operacional nos próximos 25 anos. Nessa altura será possível pedir a um automóvel que vá de um ponto A a um ponto B sem qualquer interferência humana. Estejamos ou não dentro do carro.

Mas muito mais do que permitir encher a estrada com “bombas”que nos fazem lembrar o velhinho kitt, a tecnologia vai mudar a maneira como nos relacionamos com a propriedade dos carros. Ou melhor, como vamos deixar de ser donos de automóveis para apenas partilhar os que estão disponíveis.

Este Expresso Curto fica por aqui. Vá acompanhando as notícias do dia no online do Expresso e não percas, às 18 horas, o Diário.

Tenha uma ótima quarta-feira e continuação de boas férias se for esse o caso.

PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: