sexta-feira, 23 de junho de 2017

A “PRESSTITUTA” INTEGRA A GUERRA PSICOLÓGICA CONTRA A VENEZUELA BOLIVARIANA

PARTILHAR


Martinho Júnior | Luanda 

1- A “Misión Verdad” em Abril deste ano, publicou uma síntese analítica sobre mais uma tentativa de golpe na Venezuela Bolivariana, que tem o mérito de indicar claramente os mentores da iniciativa, os instrumentos para a levar a cabo e alguns aspectos do seu “modus operandi”.

Em relação aos mentores é indicado o Conselho para as Relações Exteriores (CFR) para a América Latina, financiado pela Fundação Rockefeller e por empresas da órbitra desse clã: a Chevron, a Exxon Mobil, o Citybank e a JP Morgan.

O “think tank” CFR tornou-se responsável, por intermédio do seu Director, O’Neil, por apresentar ao Comité de Relações Exteriores do Senado, todo o plano de acção com vista à provocação do golpe na Venezuela, incluindo as acções sócio-políticas, de guerra psicológica, económicas e financeiras, plano esse que continua a prevalecer no âmbito das políticas dos Estados Unidos nos relacionamentos para com a América Latina, como uma das prioridades ofensivas, de ingerência e de manipulação (a outra é em relação a Cuba).

2- No âmbito da guerra psicológica desencadeada, recorrendo a ementas típicas das “revoluções coloridas” e “primaveras árabes”, a “presstituta” (entenda-se a imprensa prostituída pelos interesses enunciados pela “Misión Verdad” ao nível da aristocracia financeira mundial), mobilizou não só meios nos Estados Unidos (particularmente os habituais meios ligados às oligarquias das comunidades hispânicas residentes), como também meios dispersos por toda a América Latina (sob controlo das mais retrógradas das suas “empedernidas” oligarquias agenciadas de longa data por Washington), assim como de meios no espaço da União Europeia, particularmente na Península Ibérica, em Portugal como em Espanha.

O arsenal de meios “presstituídos”, disseminados no vasto campo de vassalos mais “coerentes” com as linhas da “civilização judico-cristã ocidental” regidas pela aristocracia financeira mundial, disseminou e continua a disseminar as mensagens que visam provocar uma escalada de violência que leve ao golpe contra a Venezuela Bolivariana, concentrando-se contra o Presidente Maduro, que levem ao isolamento internacional do país-alvo, que levem ainda à inviabilização da vida económica e financeira da Venezuela, assim como à inviabilização do poder.

Essa arquitectura e engenharia, é similar com o que se passa em direcção a Angola, que arregimenta em Portugal um leque de meios que incluem a imprensa “pesstituída” do âmbito do Bilderberg, Francisco Pinto Balsemão, muito útil em ambos os casos.

No rescaldo desse tipo de ingerências e manipulações, se em Angola se começa timidamente a reagir aos processos de desestabilização provenientes de Portugal e injectados no tecido social angolano por essa via (que não é a única), quase nada se está a fazer em relação às mensagens envenenadas em relação à Venezuela Bolivariana e já tive a oportunidade de vê-lo em relação a alguns “compactos” difundidos pela TPA a partir dos meios internacionais “presstituídos”, a título de exemplo.

Pondo-se fim às emissões de alguns canais SIC, nada foi feito pela ZAP ou outros meios de difusão massiva, para dar espaço por exemplo à TelesurTV…

3- No imenso espaço físico-geográfico onde a “civilização judaico-cristã ocidental” se exerce, avassalada pela aristocracia financeira mundial e inscrevendo-se no seu afã em prol do domínio por via da hegemonia unipolar, há muito pouca consciência crítica em relação aos fenómenos decorrentes da comunicação internacional ao serviço da “vontade dominante” dos 1% sobre o resto da humanidade.

A maioria das pessoas tem sua mentalidade completamente moldada, extremamente amorfa e vulnerável à imprensa mercenária “presstituída”, que além do mais evita debruçar-se sobre as raízes dos fenómenos correntes, dando espaço a abordagens sobre as folhagens de todo o tipo enquadradas na psicologia das “revoluções coloridas” e “primaveras árabes”, em particular às folhagens capazes de mentira, de ingerência e de manipulação.

Duma forma geral embora reconheçam que o mundo esteja cada vez mais globalizado, poucos são os analistas “ocidentais”, ou apensos aos “ocidentais”, capazes de abordagens que partam dos conteúdos e procedimentos de domínio da hegemonia unipolar, a fim de melhor enquadrar e observar os fenómenos regionais e nacionais, inclusive nos países do sul, como os que compõem a cauda dos Índices de Desenvolvimento Humano.

Muito embora a Venezuela Bolivariana resista, nada ou muito pouco transpira para o exterior sobre essa resistência e nela sobre o significado da Assembleia Constituinte que se irá realizar.

Por outro lado e comparativamente, no México, na Colômbia, ou nas Honduras a evolução da situação comporta quadros muito mais sangrentos que na Venezuela Bolivariana (se atendermos às estatísticas sobre as vítimas), todavia a “presstituta” silencia por norma os acontecimentos nesses países…

Julgo que em Angola é urgente produzirem-se medidas de ajustamento para fazer face a esse tipo de mercenarismos e prostituições na comunicação pública massiva que denuncio, pois não o fazer é abrir brechas no sentido daqueles que estão apostados na desestabilização internacional e interna do país!

De Martinho Júnior:
Pela paz com inclusão emergente e multipolar – http://paginaglobal.blogspot.pt/2017/05/pela-paz-com-inclusao-emergente-e.html
ALBA – Evocação à pegada ardente de Bolivar! – http://paginaglobal.blogspot.pt/2017/03/alba-evocacao-pegada-ardente-de-bolivar.html
Um assalto ininterrupto à Venezuela Bolivariana – http://paginaglobal.blogspot.pt/2017/05/um-assalto-ininterrupto-venezuela.html

Outras consultas:
A tentativa de golpe dos Estados Unidos na Venezuela – http://resistir.info/venezuela/golpe_dos_eua_mai17.html
Cómo se usa el manual del golpe suave contra la Revolución Bolivariana – https://actualidad.rt.com/opinion/erika-ortega-sanoja/237219-causas-violencia-venezuela-manual-golpe
Departamento de Estado norteamericano anuncia golpe de Estado contra Venezuela en un comunicado –http://www.correodelorinoco.gob.ve/departamento-de-estado-norteamericano-anuncia-golpe-de-estado-contra-venezuela-en-un-comunicado/ 
EL PLAN DE EEUU PARA INTERVENIR A VENEZUELA (documento de Comando Sur) :Operación Venezuela Freedom-2 –https://kenzocaspi.wordpress.com/2017/04/05/el-plan-de-eeuu-para-intervenir-a-venezuela-documento-de-comando-sur-operacion-venezuela-freedom-2/
Estados Unidos busca una intervención multilateral en Venezuela –  https://actualidad.rt.com/actualidad/238573-estados-unidos-busca-intervencion-multilateral
Maduro advierte de campaña mediática de derecha contra la paz – http://www.hispantv.com/noticias/venezuela/344540/maduro-paz-violencia-oposicion-constituyente
Twitter suspende 180 cuentas de entes públicos y militantes de la Revolución

PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: