domingo, 9 de julho de 2017

ELEIÇÕES EM ANGOLA COM OBSERVADORES “CEGOS” | E DEPOIS A DEMONSTRAÇÃO DE FORÇA?

PARTILHAR


A OUTRA (FARSA). OBSERVADORES NACIONAIS  E INTERNACIONAIS  VÃO  OBSERVAR  O QUÊ?  


Fernando Vumby | opinião

Por aquilo que conheço do MPLA  quero mesmo acreditar que á esta altura todos os esquemas já foram montados para criar dificuldades de observação e avaliação imparcial do processo eleitoral ate mesmo aos observadores indicados por eles próprios para jogarem no seguro, pois eles sabem que o mínimo descuido já eram.

Em Angola com o MPLA no poder, o voto é uma ilusão, observadores é a outra pimpa, pois tudo acaba manipulado  pelas empresas contratadas pelo regime pagos á preço de ouro das quais os observadores não terão possibilidades nenhumas para analisar todo o sistema  electrónico utilizado para a contagem e manipulação dos votos.

Há regras  e código de conduta para observadores que mesmo facilitando as  batotas os observadores são  forçados a respeitar  porque se diz , por respeito a soberania angolana  exemplo concreto se ate uma  CNE (Comissão Nacional Eleitoral)  que é ás vistas de qualquer angolano de bem a pior farsa nacional ainda assim os observadores estarão submissos a ela.

A importância de observadores internacionais seria vista de outra maneira  se estivéssemos perante eleições democráticas genuínas como expressão de soberania que pertence ao povo de um país e a livre expressão da sua vontade constituísse a base da autoridade e legitimidade do governo.

O  que não é o caso de Angola onde todas as eleições sempre foram uma autentica farsa, batota e  onde as palavras de um ladrão, sujo e corrupto (JES) vira lei para uns aplaudirem se orgulhando em estarem ao serviço da bajulação, enquanto outros  se limitando  gritando dias e noites  nos microfones  denunciando repetidamente  aquilo que a nação inteira já sabe, por falta de coragem  para  cuspirem  no rosto dos criminosos que (des) governam o país.

PARVO É QUEM ACREDITA QUE OS  OBSERVADORES VÃO TRAVAR OS PLANOS PARA A BATOTA 

De que  nos vale haver observadores que terão apenas a missão de observar o ato eleitoral tipo gente assistindo um jogo de futebol sem possibilidades de anular um golo que todos viram foi posto com as mãos, mas o árbitro diz que foi um golo limpo?

O grande mal da nossa oposição política em particular e do povo no geral é não se mentalizar de que estamos perante um grupo de criminosos e como todo  criminoso sua tendência para maldade  está sempre presente no seu dia a dia e em todos os atos da sua vida.  

Só um parvo ou  idiota  pode acreditar que o MPLA dará aos observadores sejam eles nacionais ou internacionais, chamem-se eles como se chamarem todas as possibilidades  reais de fiscalização  em profundidade inclusive dos mecanismos eletrónicos de contagem de votos.

E é este permanente ignorar do carácter criminoso do amontoado de gente que vocês consideram de governantes que tem feito a cada dia que passa os angolanos estarem cada vez mais mergulhados no lamaçal de merda em que se encontram desde mais de 40 anos.

Mesmo sendo estes observadores individualidades de prestígio reconhecido  internacionalmente em Angola para  enfrentar a qualidade de bandidos que (des) governo o país não é fácil , dado o seu poder espetacular nojento e sem vergonha na cara  em não se assumirem como criminosos mesmo quando o são ás vistas de toda gente.

O MPLA sabe e tem consciência de que sem fraude não há outra  chance  em continuar no poder mesmo com todo o trungungo  que se lhe conhece e por isso não vai eliminar uma única virgula  se quer do seu projeto, disto podem estar certos.

Assim como também sabe que poderá haver alguns protestos  por parte dos batotados depois da batota consumada, mas  depois de alguns surrados, uns presos e alguns mortos  para intimidar ainda mais, no fim vai ficar tudo como se nada fosse num país especial com um povo especial em nome da paz dirá depois a oposição política quero mesmo acreditar.

DEMONSTRAÇÃO DE FORÇA COM O EXÉRCITO, POLICIA E SECRETAS É UM OUTRO CENÁRIO QUE PODEMOS ADMITIR DEPOIS DA BATOTA ELEITORAL?

Não propriamente para comemorarem a batota, mas sim como sinal á nação e aos angolanos criando um clima de medo generalizado de que não vale pena resmungar e nem refilar que houve batota eleitoral.

Não seria a primeira vez que os próprios generais de (meia tigela) e seus comandados fardados ou á civil vestiriam as fardas para o apronto operacional circulando com frequência particularmente diante das residências das altas chefias da UNITA, pois é mais da UNITA que o regime teme segundo ate mesmo vozes militares.

E como sempre para este tipo de operações nunca faltam os voluntários entre Nandós e outros para serem eles próprios á coordenarem e elaborarem toda estratégia para intimidar a nação inteira e os conhecidos como os mais refilões da tristemente pobre, tímida e quase resignada oposição política nacional.

Mas, desta vez, quem sabe se a coisa corre a favor dos batotados?

Pois há ainda quem acredita a coisa até poder rebentar partindo mesmo de dentro para fora, dado as brigas e rivalidades dentro do próprio reino de ladrões, corruptos e assassinos mal cheirosos e sem vergonha na cara forçosamente considerados governantes.

Estou a imaginar a quantidade de canhões e blindados posicionados cercando todas a imediações de um palácio vazio, pois em dias como estes os bunkers e túneis secretos com ligações ao alto mar para fuga, são os mais aconselháveis e estão preparados desde há mais de dois anos para no caso da coisa pegar fogo segundo fontes da secreta externa.

Estou a saber mesmo agora que afinal já tem havido manobras conjuntas entre forças especiais que ninguém sabe o nome, com simulações para estarem preparadas na eventualidade do barril de pólvora explodir á qualquer momento.

E dado o montante investido em armamento sofisticado (M270) entre outros, comprados aos EUA, Rússia , China , Coreia do Norte onde os intermediários ganharam fabulosas comissões para serem operados por cidadãos estrangeiros ao serviço exclusivo de (JES & CASA MILITAR) não me espantará se desta vez algumas unidades de lança -raquetes forem vistas circulando pela cidade de Luanda especialmente.

Fórum Livre Opinião & Justiça | Fernando Vumby

PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: