quinta-feira, 30 de junho de 2011

Mais de 700 mil funcionários públicos em greve nas próximas 24 horas no Reino Unido

PARTILHAR




Cerca de 750 mil funcionários públicos estão  hoje em greve em protesto contra os planos do governo de mudar o sistema  de pensões de reforma. 

A greve de 24 horas foi convocada por cinco sindicatos que representam  cerca de 750 mil funcionários públicos britânicos, o que faz deste protesto  um dos maiores dos últimos anos.   

Além de professores e funcionários que inspecionam os passaportes nos  aeroportos, portos e estações ferroviárias internacionais, a greve deverá  ter adesão também entre inspetores de condução, funcionários de tribunais,  de centros de emprego e outros serviços públicos.
 
Os funcionários públicos britânicos consideram que a reforma de pensões  os obrigará a "trabalhar e contribuir mais para ganharem menos dinheiro". 

A greve obrigará ao encerramento de várias escolas no Reino Unido e  serão realizadas manifestações em várias cidades, como Londres, onde está  convocado um protesto em frente à sede do Parlamento de Westminster cerca  das 13:15 de Lisboa.
 
As forças de segurança foram mobilizadas para vigiarem os diferentes  protestos. 

Em alguns organismos públicos, os trabalhadores foram autorizados a  levarem os seus filhos para o trabalho para evitar que tirem o dia tendo  em conta que milhares de professores se juntaram à greve.  

A greve responde ao plano do governo de elevar a idade de reforma para  os 68 anos e reduzir as pensões, medidas que os sindicatos consideram que  terão um "impacto significativo" na indústria.  O governo invoca a necessidade de "reequilibrar o sistema" para que  os custos de sustentar as pensões públicas não recaiam sobre os contribuintes. 

O primeiro-ministro, David Cameron, afirmou na quarta-feira no Parlamento  não existir razão para esta greve "até porque as negociações continuam"  e considerou que as reformas são "justas para os contribuintes e também  para o setor público".

PARTILHAR

Author: verified_user

1 comentários:

fredia laila disse...

Oferecer ajuda
Bom-dia, inicialmente recomendar-o-ia que ter cuidados com as ofertas
na redelàallarmi. Ao facto do qual mais dos 90% que estes pareceres são fraudulentos.
Hoje tem sempre mais fraude. Queria pedir emprestado
dinheiro, após ter enviado um parecer, todos os dias recebido più25 das mensagens frauda qualquer coisa que pedem
dinheiroque giudicanoSpese camisas. E seria riscar a sua mensagem, mas um diaioè caído numa pessoa leonido designado de Verona
,pensei que tenha dos fattoQuindi o partido descarados de rede, mas para o meu grande sorpresaquest' finalmente é diferente, dei-me um empréstimo
de € 40.000com uma taxa de 2% reembolsável muito bem no número gira
quevontade. Confirmar-o agora e se pass-se-ar que procurados
dos empréstimoscontactar para correio eletrónico. Há aqui o seu correio eletrónico
:



duvalles.phillips@outlook.com


NB tranquilizar-o e juro que deverá apenas pagar as despesas inscrição e contrato para recuperar a possessão dos seus fundos.