Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 26 de maio de 2016

FERNANDO VUMBY “DE OLHO EM ANGOLA” – opinião em compacto de textos



Fernando Vumby*, opinião

A FALTA DE CANDIDATURAS PARA O CARGO DE PRESIDENTE DO MPLA, NÃO É SÓ MEDO COMO SE PENSA!

Outros factores devem ser levados em consideração em situações como está , num país onde durante muitos anos uma única pessoa tem conseguido e garantido com sucesso que vários governantes sejam corruptos e ladrões dos cofres públicos (bem sucedidos) enriquecimento ás pressas onde tudo vale para tal e tem mantido o triunfo da injustiça como realidade e verdadeira fonte de conforto para os seus.

Uma pessoa como esta dificilmente se consegue substituir pois há sempre o receio de quem substitui-lo poder ser rigoroso , sério , honesto , nobre e portador de outra estrutura moral que não lhe permite o manter da situação vigente que no fundo ate a sua continuação é de vontade da maioria dos governantes se considerando que 83% deles são corruptos e se sentem felizes pela forma criminosa como o país tem sido governado.

É como quem diz , para escolhermos um novo ladrão mais vale continuarmos com o que ja conhecemos pois este ao menos rouba e não nos proíbe de fazermos o mesmo , não nos pede contas , não nos manda processar e nem prender , pois enquanto assim for claro que terá sempre um voto sagrado de confiança dos seus comandados.

Hoje quando nos outros países tem se tornado cada vez mais difícil ser-se ladrão de cofres públicos com sucesso em Angola é a cada dia que passa cada vez mais fácil e os governantes angolanos que sabem como poucos explorar da melhor maneira essas brechas criadas de propósito para este fim, que coisa vão fazer se não aproveitar aquilo que eles consideram como grande fezada?

Enquanto estes crimes em Angola compensarem , serem garantidos , estimulados pela própria presidência da republica através dos exemplos que nos vão dando os negócios dúbios dos seus filhos como fachada, JES não terá sucessor e será sempre o candidato preferível para toda sorte de corruptos que o rodeiam que o vão sempre aplaudir e rezar pela sua boa saúde...
__________________

JES É EXCESSIVAMENTE MANIPULADOR, ATÉ MENTE DE FORMA DIFERENTE DOS OUTROS!

Desde que me conheço como homem, nunca vi ninguém na minha vida com tanto jeito e habilidade em inversões de papéis como é JES, e por este motivo ate lhe vou mesmo atribuir o titulo de ( Rei ) nesta arte.

José Eduardo Dos Santos tem levado quase sua vida inteira de forma teatral e dramática se fazendo passar sempre como a vitima da oposição ou seja o coitadinho que não faz mal a ninguém , que nunca mandou matar ninguém e nunca deixou morrer ninguém.

Mesmo quando o numero de mortes de crianças e adultos aumenta galopantemente no país enquanto sua filha vai abanando o pacote com os dinheiros roubados dos cofres públicos e se rindo dos cavardes que nada fazem para evitarem que sejam escarrados no rosto todos os dias.

Sim JES é mesmo um autentico Rei da manipulação de mentes de pessoas geralmente fracas , bruta-montes e parvalhões que se deixam enrolar pela tendência espetacular e notável do mesmo em estimular sentimentos de dó e pena nas outras pessoas.

Conheço tantos aldrabões na nossa praça política nacional entre amigos , conhecidos e ate mesmo parentes , mas sinceramente falando e brincadeira á parte , não conheço nenhum tão habilidoso pela forma como utiliza a mentira como ferramenta de trabalho para atingir certos objectivos como o faz JES.

Se mesmo com as provas apresentadas diante dos seus olhos e da opinião publica nacional e internacional de que é ladrão dos nossos dinheiros que esconde em bancos estrangeiros como é que consegue negar?

Quem é que nunca mentiu na sua vida afinal?

Todos já mentimos com certeza , mas agora fazer da mentira uma ferramenta de trabalho diário em todos os momentos da vida apenas porque quer dar uma de espertalhão e vivaço, mesmo quando não passa aos olhos dos seus adversários políticos e de uma grande parcela da sociedade angolana de um psicopata é que não faz sentido para JES.

E é exatamente por isso que eu digo que ele usa a mentira de forma diferente das outras pessoas que também mentem , com a diferença de não a utilizarem como ferramenta diária de trabalho como faz JES.

Conclusão : Tudo que diz JES é mentira e não acredito que o mesmo de tantos anos mergulhado em mentiras ainda consiga diferenciar a mentira da verdade.
__________________

NUNCA VI UM ESQUEMA DE CORRUPÇÃO TÃO BEM ESTRUTURADO E FUNCIONAL COMO O INSTITUÍDO EM ANGOLA PELO JES/MPLA!

Desde 1975 logo depois da independência de Angola que acompanho , conheço e vejo com os meus próprios olhos a articulação esquemática e perfeitamente bem estruturada da corrupção nos mais variados escalões da sociedade angolana dentro e fora do país.

Alguns poderão se interrogar justa ou injustamente como é que eu vejo , se não vivo em Angola?

Pois irmãos todos os esquemas de corrupção que se pratica em Angola , tem cá fora não só apenas os seus reflexos , como é praticada pelos responsáveis angolanos e não só , da mesma forma como aquela que se pratica em Angola e não é por acaso que o nome angolano passou á ter o sinonimo de corrupto.

Em Angola quando o regime mudar , uma vez que com este é impossível fazer-se um combate serio contra a corrupção , pois ele é o sustentáculo e o estimulador da mesma, vai precisar de uma grande , forte e séria operação do tipo aquela que está a ser feita no Brasil , Portugal e outros países para se partir os dentes aos tantos corruptos engravatados que o país tem uma grande maioria detentores de cargos públicos.

Hoje chegou-se ao ponto de que todas as ações do governo que envolve dinheiros e influencias são assentes na base da corrupção onde o encarregado para comprar um avião por exemplo também fatura nem que tenha que pagar para tal ao vendedor uma quantia superior ao preço oficial logo que a possibilidade de ganho lhe seja garantido.

Quem é encarregado de constituir uma delegação qualquer para representar o país lá fora também faz o mesmo jogo nem que para tal tenha que meter mais pessoas no grupo logo que o lucro esteja garantido.

Na distribuição de ajudas de custos aos delegados de qualquer sector em viagem fora do país , o jogo segue as mesmas igualzinhas regras da roubalheira dos dinheiros públicos.

Os comissários provinciais estes as vezes até chegam á ser mais refinados do que o resto da Nação , quando têm que mandar vir do estrangeiro mercadoria para a província com o nosso dinheiro , olha que quanto sei ate autocarros de terceira mão comprados cá fora, são apresentados ai como novos depois de uma pintura apressada á ultima hora e pouco antes da execução das faturas aldrabadas, partilha dos lucros e comissões entre eles.

Estes tipos não me enganam!

Os conheço tão bem , suas trafulhices na hora dos roubos ou de fazerem passar terceiras pessoas como proprietárias disto e daquilo para que os lucros sejam mais bem simulados e se vender ilusões aos menos atentos.

Já vi gente comprando coisas para unidades de produção, ministérios e outros departamentos , que pagaram uma quantia e acabaram por cambalachar (manipular) as faturas triplicando os preços porque estava garantida a entrada de umas notas verdes bem gordas para seus bolsos.

Também já vi excesso de gente em delegações que em principio bastaria que fossem 6 pessoas e viajaram logo o dobro porque dava mais vantagem ao tipo responsável pela distribuição dos dinheiros encaixar algum para os seus bolsos e o pior é que na maioria dos casos os elementos nem sabem que missão estão a cumprir e nem muito menos o papel de cada um deles.

Que coisa mais ridícula, quem nunca se interessou pelo futebol e nem sabe se a bola é redonda ou quadrada fazer parte por exemplo de uma delegação da seleção nacional de futebol e logo incluído na equipa técnica!

Até fico parvo!

Mais verdade é que quando é para faturar todos os truques valem e funcionam sempre dentro da maior legalidade num país onde curiosamente corrupto dizem e apela ao combate à corrupção.

Como assim?

São todos palhaços, ou ser palhaço é que está a dar lucro?
_____________________

ANGOLA: (POVO & PAÍS) PARECE TUDO ANORMAL, PERVERSO?!

A maioria das anormalidades já atingiram um  limite tal ao ponto de que  não há quem e como  explicar  tanta perversidade que á luz do dia vimos triunfar como se de normalidade se tratasse.

Ainda bem que uma grande parcela dos angolanos já deixou de se esforçar em procurar perceber , sob o risco de termos um país como 96% da sua população constituído por malucos (loucos ) o que seriamos um caso inédito na história da humanidade.

1 ) - Eu gostaria de perguntar e quem quiser como sempre tem o seu legitimo  direito em  responder-me e esclarecer-me ou não , pois tenho cada vez mais dificuldade em perceber tanta perversidade de uma só vez e junta.

Ponto ( 1 ) - Será que Angola tem necessidade de existência de partidos da oposição política nestes moldes , não levado á serio por quem governa o país , não lhe dando  espaços  de manobras , humilhando-os de todas as maneiras e pior do que isto batotado em todas as eleições eleitorais ?

Ponto ( 2 ) - O que fazem deputados da oposição política nacional num parlamento que a própria oposição  política é de opinião de  que a mesma nasceu de uma fraude eleitoral  que nem os mortos aceitariam ?

Então isto não significa  que estão a reconhecer esta  tal dita cuja famigerada assembleia  geral nascida da fraude eleitoral e pior estando lá e reduzidos á  (zero á esquerda) sem valor nenhum ?  

Tudo é aprovado por unanimidade num clima um tanto parecido como as sardinhas enlatadas , oposição passa á vida á falar para as paredes e o vento  se considerando que o povo , este mero detalhe decorativo , nunca ouve e nunca vai ouvir as opiniões da oposição transmitidas  mesmo não tendo nenhum valor á primeira vista, se considerando que os pronunciamentos da oposição  não altera em  nada e nem trava o progresso triunfante da perversidade.
 
Então num país sério e normal este exercito chinês mascarado de policia alguma vez entraria  sem que tal fosse para bem deste país, interesse de seu povo e autorização de um parlamento mesmo por mais fingido que fosse?

Até que enfim, chegaram um ano antes das eleições, com tempo suficiente para conhecerem os cantos do país, os becos e curvas, para na hora em que as ordens forem dadas para calar os batotados tudo correr segundo os planos. Assim esfregam as mãos de contentes - os do regime - confiantes na vitória, que acredito será certa. Claro como sempre,  com mais uma  batota e força dos músculos.

Enquanto isto as humilhações somam e seguem e a vergonha para o país vai ganhando cada vez mais pontos negativos já  no passado  depois de terem se  recusado pagar condignamente  os angolanos  para limparem as ruas de Luanda tinham ido buscar filipinos para fazerem o mesmo trabalho  e pagos á dólares .

Hoje afinal a história repete-se.  Chineses patrulhando as ruas de Luanda! Custa a crer.

Enquanto isto os angolanos continuam no desemprego,  cada um se safando como pode
, porque se tornou incapaz de patrulhar o seu próprio país ou deixaram de confiar nele? Das duas,  uma:

1 ) Ou a vinda destes chineses é mais um plano de lavagem de capital e negócio lucrativo num país onde tudo vale para se assaltar os cofres públicos !

2 ) Ou  é mesmo o que uma grande  parcela de angolanos ja desconfia ser o novo exercito especial ao serviço de JES/MPLA com missão especifica  para antes e depois da batota eleitoral que se avizinha e somos cada vez mais gente que  acreditamos  nesta  hipótese. E depois?

Até lá já com o controle das redes sociais e a espionagem cerrada sob o punho dos serviços secretos angolano, chinês e russo, na comandancia de toda a fraude eleitoral, quem vai saber o   verdadeiro papel deste novo exército  vestido de policias?

E os Partidos políticos da oposição?

Assim concebidos pelos arrogantes  detentores do poder absoluto em Angola  como meros detalhes e observadores (obedientes) não sei se deles poderemos esperar alguma coisa, mas como em política as coisas às vezes acontecem quando menos se espera, vamos aguardar para ver e crer...

Fórum Livre Opinião & Justiça - Fernando Vumby

*Este é um compacto de textos da autoria de Fernando Vumby que tem por intuito “aliviar” a acumulação de textos ocorrida por motivo da interrupção da publicação do Página Global nas últimas duas semanas.

Sem comentários: