Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 26 de março de 2017

COMO A CGD CONTINUA A SER ARRUINADA


A central sindical amarela, conhecida como UGT, recebeu um financiamento de 1,5 milhão de euros da CGD, a ser pago em 25 anos mediante módicas prestações mensais de 7.500 euros . O referido financiamento destina-se a reembolsar dívidas antigas da UGT para com a UE, decorrente das trafulhices cometidas pela mesma com dinheiros do Fundo Social Europeu. 

Sabe-se que este banco público atravessa dificuldades devido aos empréstimos ruinosos que efectuou no passado, com incumprimento de credores. 

Assim, cabe perguntar:   Que garantias tem a CGD de bom pagamento por parte da UGT?   Terá a UGT dado garantias reais?   Como é possível que as tenha dado se até foi despejada da sua sede por falta de pagamento ao senhorio?   Por que a nova administração da CGD resolveu fazer este frete à UGT?   Não será lícito suspeitar que o governo PS a persuadiu a acudir à UGT?   Como é possível agravar ainda mais a saúde financeira do único banco público que ainda resta em Portugal?   Tais questões deveriam ser respondidas.

Resistir.info

Sem comentários: