Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sábado, 18 de março de 2017

VÃO PARA A VOSSA IMAGINÁRIA TCHAVOLA QUE LHES PAGUE!



1- Os "independentes" do costume "pintam a manta" sacudindo o seu rabinho quando o dono leva um cartão amarelo pálido, muito pálido...

… e babam-se todos uma vez mais, como os cãezinhos daquele que lhes descobriu os reflexos instintivos, um tal de Pavlov!...

Em breve teremos uns quantos “voadores”, ou seja, alguns “independentes” típicos do Voice of America e outros arrojados como os da Onda (“Deutsche Welle”), ou os da Folha (“Folha 8”) a fazer coro à “rede Angola” (que é outro “independente” à espera dos peixes que nela caiam)!...

O que o Bilderberg tem feito em relação a Angola, é tudo menos democracia e os SICários, os próprios e os outros como os desse tal "MISA independente" (que ridículo), nada têm a ver com um exercício democrático e saudável da informação, muito pelo contrário: são ideológica e de modo programado (em termos de acção psicológica) servis ao BILDERBERG, à NATO, à UE, a alguns sectores da burguesia portuguesa, a um Bloco de Esquerda enquanto lhes alimentar a corda e a tudo o mais que permite ir-lhes por arrasto... ao ponto de terem até reduzido “a preto e branco” o nosso país, em tempo oportuno e não há muito tempo, como se duma estagnada, redutora e malparada"TCHAVOLA" se tratasse, sem notarem que há mesmo e apesar do capitalismo neoliberal atávico que eles próprios protagonizam e querem continuar a injectar, um enorme esforço para se melhorar a vida de todos os angolanos e uma constante luta de muitos que como eu estão em múltiplas trincheiras a favor da vida, ainda que sem alguma vez merecer qualquer tipo de “projecção informativa”!...

Essa tal "TCHAVOLA", do imaginário que eles próprios ousaram produzir num superlativo de encomenda, que lhes pague a grelha!...

 2- Parabéns à ZAP, por considerar a defesa de Angola não assimilável ao BILDERBERG e ao menos ter a coragem de mostrar um cartão amarelo pálido a um "rei" que vai cada vez mais nu!...

Que venham, no espaço antes conseguido pelos SICários dos interesses dos 1% que procuram dominar o mundo a seu belo prazer, acordos com outras televisões dispostas a dar a sua melhor contribuição em benefício construtivo e não deliberadamente redutor dos reais interesses do povo angolano, do povo português e de todos os povos que procuram equilíbrio humano, que combatem a fome, a doença, a falta de habitação e possam abrir todas as vontades que contribuam para melhorar as relações entre estados, nações e povos, assim como contribuam para com um maior respeito que se deve à Mãe Terra!...

Que se aproveite o exemplo da ZAP também para se rever imediatamente a TPA 2, pois é inadmissível continuar-se indefinidamente a dar-se espaço a tanta carga de alienação por junto e atacado e logo dirigida contra os superiores interesses da juventude angolana que merece bem melhor atenção!… muito mais recomendável seria um canal aberto em reforço do ensino e acabar com tanta avulsa palhaçada!

Da minha parte sugiro à ZAP uma TELESUR, a título de exemplo, para preencher o espaço duma televisão internacional como a “amarelada” empresa do BILDERBERG, considerando que aqui em África os “indígenas” desconhecem até que os descendentes dos antigos escravos que habitam no outro lado do Atlântico estão a advogar, por via de suas instituições mais representativas e de há vários anos a esta parte, compensações pelo herança feita agónico subdesenvolvimento e isolamento a que foram votados pelas potências coloniais europeias, desde os tempos remotos do tráfico de escravos nos séculos XVI e XVII…

Os angolanos devem agora colocar à DSTV, em nome duma necessária integridade regional, o mesmo que antes eu e outros camaradas colocámos abertamente nas redes sociais (por via de comentários e todo o tipo de intervenções) directa ou indirectamente à ZAP, acabando de vez com essa peçonha SICária na África Austral!

À tão depravada SIC do BILDERBERG e a todos os SICários que injectam a frio os venenos trabalhados em defesa dos poderosos extra continentais, os africanos costumes deste lado do Atlântico e os de seus descendentes no outro lado, há mesmo que lhes pagar, nada: “nin un tantito asi” para os cofres mercenários da SIC e dos seus patrões!

Para que o mais importante seja continuar a resolver sem equívocos e com o nosso próprio empenho os problemas do povo, da minha parte, a luta continua!

Foto: uma imagem do material que foi utilizado pela SIC na “grande reportagem” duma sua e só (irresponsavelmente) sua imaginária TCHAVOLA!

Sem comentários: