Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 13 de abril de 2017

“EUA ESTÃO CÁ PARA NOS SALVAR”, diz Miguel Tiago com ironia



"Nem Hitler desceu tão baixo ao ponto de usar armas químicas", disse esta terça-feira o assessor da Casa Branca, Sean Spicer.

As recentes declarações do assessor da Casa Branca, que comparou o ataque químico na Síria com o Holocausto, têm valido fortes críticas à presidência norte-americana. “Nem Hitler desceu tão baixo ao ponto de usar armas químicas”, afirmou Sean Spicer, momentos antes de admitir que cometeu “um erro”.

As palavras não foram porém desconsideradas ou mesmo desdramatizadas. Por cá, Miguel Tiago mostrou-se incrédulo com a afirmação e recordou alguns dos ataques perpetrados, ao longo da História, pelos Estados Unidos.

“As considerações sobre Hitler nem merecem comentários, porque felizmente o mundo sabe o que Hitler fez no século passado. Já sobre o império americano não ter utilizado armas químicas "nem na segunda guerra mundial...”, começou por escrever o deputado do PCP na sua página no Facebook.

“Aqueles 83 mortos e mais de 600 feridos por exposição a gás mostarda em Itália, 1943, terão uma opinião diferente sobre a utilização de armas químicas pelos EUA. Mas assim de repente também lembro uns milhões de mortos por causa de umas bombas nucleares que ainda hoje provocam mutações e no Vietnam há quem diga, mas certamente por maldade, que os Estados Unidos da América usaram agente laranja e napalm”, lembrou, rematando a sua publicação com uma apreciação feita em tom de ironia: “E ainda mais impossível é terem alguma vez utilizado urânio empobrecido em algum lugar do mundo. Porque eles estão cá para nos salvar!”.

Na rede social Facebook, também o socialista Alfredo Barroso teceu comentários sobre as palavras de Sean Spicer, atirando: “Tão imbecil e ignorante como o seu patrão, Donald Trump. A este idiota só faltou dizer que mais de seis milhões de judeus, ciganos, oposicionistas e seres humanos com mal-formações e perturbações mentais foram assassinados pelos carrascos às ordens de Hitler e Himmler com amêndoas da Páscoa. Mas que grande besta!”.

Goreti Pera | Notícias ao Minuto, ontem

Nota PG: "O Agente laranja é uma mistura de dois herbicidas: o 2,4-D e o 2,4,5-T. Foi usado como desfolhante pelo exército dos Estados Unidos na Guerra do Vietname. Nocivo para a vida humana.

No período de 1961 a 1971, as tropas americanas aspergiram 80 milhões de litros de herbicidas, que continham 400 quilogramas de dioxina sobre o território vietnamita, de acordo com estatísticas oficiais.

Esses desfolhantes destruiram o habitat natural, deixaram 4,8 milhões de pessoas expostas ao agente laranja e provocaram enfermidades irreversíveis, sobretudo malformações congênitas, câncer e síndromes neurológicas em crianças, mulheres e homens do país."

Parcial de Wikipédia

Imagens de exemplo de vítimas de agentes químicos lançados pelos EUA no Vietname

Sem comentários: