domingo, 1 de julho de 2018

São Tomé | MLSTP denuncia Presidente da República e Aurélio Martins

PARTILHAR

Numa nota de protesto, o MLSTP denuncia a forma maquiavélica e ardilosa como o poder tem manipulado a comunicação social para denegrir a imagem do partido.

Segundo o maior partido da oposição, prova mais evidente da tal acção maquiavélica, aconteceu na última terça – feira, quando o Presidente da República no quadro da auscultação as forças políticas com vista a marcação das eleições, reuniu-se com Aurélio Martins, um militante sancionado com suspensão, pelo conselho nacional do MLSTP, que também ordenou a realização do Congresso Extraordinário para este sábado dia 30.

«Considerando que o Presidente da República no âmbito do contacto prévio com os partidos políticos para marcação da data eleitoral preferiu receber Aurélio Martins ao invés da delegação legítima do partido MLSTP/PSD apresenta publicamente o seu mais veemente protesto ao Presidente da República por participar desta farsa numa clara manifestação de ingerência nos assuntos internos do MLSTP/PSD», diz o MLSTP na nota de protesto.

Para o MLSTP, Aurélio Martins está ao serviço do actual poder, liderado pelo partido ADI. «O MLSTP / PSD lamenta profundamente as recentes iniciativas de Aurélio Martins que com clara conivência e cobertura do poder, coloca-se objectivamente ao serviço daqueles que pretendem por em causa o bom nome do MLSTP/PSD e da realização do seu congresso», pontua a nota de protesto.

Abel Veiga | Téla Nón
PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: