segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Portugal. MÉDIA, NEGÓCIOS E POLÍTICA: “ISTO NÃO ACONTECE POR ACASO”

PARTILHAR

Carlos Magno lembra ligação entre Lobo Xavier e o Público

O presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) lembrou, em entrevista na RTP, a participação de Lobo Xavier noutro caso lançado pelo jornal de que é administrador.

Carlos Magno foi ao Jornal2, na passada sexta-feira, para falar sobre a liberdade de imprensa e abordou a fragilização do jornalismo face à dominação dos principais meios de comunicação social por grupos económicos.

Na conversa com o jornalista João Fernando Ramos, o responsável pelo regulador da comunicação social lembrou que «hoje temos comentadores que dão notícias sem qualquer verificação, anda muito político a atrapalhar o tráfego e a fazer contrabando de informação».

Magno deu o exemplo do episódio em torno das declarações de Cavaco Silva na primeira reunião do Conselho de Estado com Marcelo Rebelo de Sousa. «Houve um jornal, o Público, que descreveu uma situação passada em Conselho de Estado. A seguir, o Presidente Marcelo autorizou o António Lobo Xavier a desmentir na Quadratura do Círculo [na SIC Notícias] que Cavaco tivesse dito aquilo».

António Lobo Xavier, antigo deputado e dirigente do CDS-PP, é membro do Conselho de Estado indicado pelo Presidente da República. Nos últimos dias, envolveu-se activamente noutra polémica que volta a cruzar o Público e a Presidência, envolvendo as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues, ex-presidente da Caixa Geral de Depósitos.

«É curioso que tudo tenha começado num jornal onde Lobo Xavier é administrador – e isto não acontece por acaso», concluiu Carlos Magno.


PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: