quinta-feira, 26 de julho de 2018

Moçambique | Assassino de Carlos Cardoso foi finalmente capturado

PARTILHAR
PGR moçambicana anuncia captura de Nini Satar condenado por homicídio do jornalista Carlos Cardoso

A Procuradoria Geral de Moçambique anunciou hoje a captura de Nini Satar, que deixou o país em 2014 quando estava em liberdade condicional após ter cumprido pena por envolvimento no homicídio do jornalista Carlos Cardoso, ocorrido em 2000.

"No âmbito das diligências encetadas, com o apoio das autoridades congéneres, foi possível a localização e capturar do cidadão Momade Assif Abdul Satar, conhecido Nini Satar", refere um comunicado enviado hoje à imprensa.

De acordo com o comunicado, Nini Satar, que viu revogada a sua liberdade condicional, estava na Tailândia quando foi capturado, num trabalho que também envolveu o Serviço Nacional de Investigação Criminal de Moçambique.

Lusa

Na foto: Carlos Cardoso,  jornalista moçambicano assassinado quando investigava um presumível caso de corrupção em um dos maiores bancos de Moçambique.
PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: