terça-feira, 29 de julho de 2014

PERTO DE UM MILHÃO DE MOÇAMBICANOS SOFREM DE ESQUIZOFRENIA

PARTILHAR



700 milhões de pessoas no mundo sofrem de problemas mentais, 4 por cento de moçambicanos sofrem de epilepsia, 150 milhões de pessoas no mundo morrem devido ao tabaco

Em Moçambique, cerca de um milhão de moçambicanos sofrem de epilepsia e grande parte das pessoas que padecem de problemas mentais foram provocados por causa desta doença, revelou, ontem, o ministro da Saúde, Alexandre Manguele, falando na abertura da segunda reunião anual de saúde mental.

Manguele disse, ainda, que 3.5 por cento dos moçambicanos, equivalentes a perto de 900 mil pessoas, sofrem de esquizofrenia, uma outra doença que contribuiu para a incapacidade mental das pessoas.

A segunda reunião de saúde mental serviu, igualmente, para o lançamento do programa de combate à epilepsia, uma doença que contribui em grande medida para os problemas mentais no país.

Para já, ainda não há dados claros sobre o número de pessoas que sofrem de problemas psíquicos em todo o país, mas o Ministério da Saúde não tem dúvidas de que a situação é preocupante, olhando para as causas mais comuns deste tipo de males.

O consumo de álcool e tabaco lideram  a lista das causas, dentre as quais as drogas. A Organização Mundial da Saúde estima que, anualmente, cerca de 150 milhões de pessoas morrem por causa do consumo de tabaco.

O ministro da saúde diz que o grande problema é que, apesar de maior incidência dos casos de problemas mentais, Moçambique ainda não presta atenção devida a estes doentes. Ou seja, a sua prevenção e tratamento ainda não é promovido. “Temos que destacar que, no nosso país, os problemas de saúde mental ainda não ocupam o lugar de destaque na promoção, prevenção, manutenção e melhoramento do estado de saúde das populações, apesar de assumirem papel importante na carga de doenças que pesam sobre a sociedade”, disse Manguele.

Tal como com os factores de risco para outras doenças, no caso dos problemas mentais, as pessoas mais expostas são aquelas que fazem parte dos grupos sociais mais vulneráveis, tais como crianças órfãos, mulheres vítimas de abuso sexual, pobres, entre outras.

O País (mz)

PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: