domingo, 14 de agosto de 2016

Angola. SEITA RELIGIOSA MATA AGENTES DA POLÍCIA NO CUANZA SUL



Um comunicado do Governo da Província do Cuanza Sul revela que, na terça-feira, na localidade de Gonçalo, comuna do Dumbi (Cassongue), um grupo da seita “Igreja do 7º Dia Luz” praticou actos de violência sobre as forças policiais que se deslocaram à localidade para repor a ordem após queixas da população que se sentia molestada.

Na sequência da intervenção policial, elementos da seita armados levaram a polícia a retirar-se do local, fazendo reféns e, posteriormente, assassinando o 1º sub-chefe Alberto Cabral das Chagas e o 2º sub-chefe Armindo Chimbundo Miguel, apossando-se das suas armas.
Na sexta-feira e ontem, as autoridades provinciais fizeram deslocar a Gonçalo uma equipa integrada por membros do Serviço de Investigação Criminal (SIC) e da Polícia para cumprimento do mandado de captura dos responsáveis da seita emitido pelo Ministério Público. 

Em consequência da reacção armada do grupo, a Polícia Nacional deteve o adjunto do líder da seita, Victorino. Três dos seus membros morreram durante a acção, dois cidadãos ficaram feridos e 27 outros, que se encontravam sequestrados com os seus haveres e gado,  foram libertados. A Polícia apreendeu nove metralhadoras AKM-47 e duas pistolas Makarof.

Jornal de Angola – Foto: JAimagens

Sem comentários: