segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Desastre para o planeta: Primeira estação de mineração no fundo do oceano – alerta a Avaaz





Papua Nova Guiné. Impeça a mineração no fundo do oceano

Uma empresa de mineração canadense é dona de uma concessão para pôr em prática uma ideia tão insana que pode vir a ser um desastre para o planeta: a primeira estação de mineração no fundo do oceano.

Como todos nós sabemos, a mineração é uma atividade tóxica e devastadora para os ecossistemas terrestres. Imagine o que pode acontecer se as mineradoras começarem a cavar também o leito marinho em busca de minérios, sem nenhuma fiscalização? É a última coisa que nossos oceanos, já devastados, precisam!

A boa notícia é que a empresa em questão está enfrentando dificuldades para arrecadar os fundos necessários para a empreitada. Vamos gerar um oceano de reclamações contra este projeto, de forma a afastar possíveis investidores e assim garantir que esta nova ameaça, algo terrível para o nosso meio ambiente, seja passageira. Clique no link abaixo e assine a petição, que será amplamente divulgada e enviada a todos os investidores em potencial:

https://secure.avaaz.org/po/png_nautilus_loc/?beKPeib&v=79840&cl=10448182668&_checksum=32e86ac9f47daace7f86f4c358b3c624f6f50c2f3a109885be3616afe0b77b25

O local escolhido para a mina fica bem perto de um dos maiores tesouros do mundo, um rico ecossistema na costa da Papua Nova Guiné que apresenta uma grande variedade de fauna e flora marinhas, desde recifes de coral até baleias cachalotes. É um sinal do desastre que está por vir, se esta nova indústria devastadora não for impedida.

A mineradora em questão nunca fez operações dessa amplitude e já apresenta problemas financeiros. O projeto é arriscado. Se mostrarmos que ele é ainda mais perigoso ao destacar as significativas incertezas econômicas, poderemos não só conseguir deter a mina quanto garantir que toda a indústria da mineração seja advertida contra o abuso de nossos oceanos!

Em todo o planeta, lutamos para manter um equilíbrio saudável entre os seres humanos e a natureza. Ele é necessário para um desenvolvimento sustentável e, segundo os cientistas, para a nossa própria sobrevivência, bem como a de inúmeras outras espécies. É uma luta entre a ganância e a sensatez. Vamos garantir que a alternativa certa vence:

https://secure.avaaz.org/po/png_nautilus_loc/?beKPeib&v=79840&cl=10448182668&_checksum=32e86ac9f47daace7f86f4c358b3c624f6f50c2f3a109885be3616afe0b77b25

Os cientistas que estudam os ecossistemas contam como tudo é extremamente interdependente. Nós, seres humanos, dependemos bastante de criaturas como o plâncton e ouriços do mar, desde as menores até as maiores. Muitas vezes, os seres humanos podem ser considerados um vírus, predadores do próprio ecossistema do qual dependem. Mas a Avaaz é um movimento formado por pessoas que procuram ser protetoras da natureza e buscam viver em harmonia com ela.

A partir dessa perspectiva, esta campanha faz parte do nosso papel de guardiões do ecossistema, de nossa função de proteger e servir o planeta maravilhoso que é a nossa casa. Nós da equipe Avaaz somos muito gratos por desempenhar esse papel juntos com todos os membros deste movimento mágico.

Ricken, Nell, Christoph, Lisa, Luis, Risalat e toda a equipe da Avaaz


Ao governo de Papua Nova Guiné e possíveis investidores:

Como cidadãos preocupados em todo o mundo, apelamos para que os senhores façam o que tiver ao seu alcance para impedir que a Nautilus Minerals perfure o fundo do oceano em Papua Nova Guiné. A mineração submarina pode ser catastrófica para o clima e a biodiversidade do nosso planeta. Além de preocupação com a fragilidade de nossos ecossistemas, ainda não conhecemos os riscos que este tipo de atividade industrial pode trazer. Vocês têm o poder de evitar danos incalculáveis para a saúde e o futuro do nosso planeta, além da chance de abrir um precedente de proteção importante. Pedimos que atuem de modo consciente e responsável.

MAIS INFORMAÇÕES

Projeto de mineração submarina pode afundar antes de começar (O Globo)
http://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/projeto-de-mineracao-submarina-pode-afundar-antes-de-comecar-11669460 

Fontes hidrotermais nos oceanos são mais importantes do que se pensava (O Globo)
http://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/fontes-hidrotermais-nos-oceanos-sao-mais-importantes-do-que-se-pensava-19409596 

Mineração marinha: uma apropriação de terras invisível (National Geographic) (em inglês)
http://voices.nationalgeographic.com/2016/07/21/deep-sea-mining-an-invisible-land-grab/

Nautilus Minerals considera financiamento alternativo (Reuters) (em inglês)
http://www.reuters.com/article/idUSASC08VK8

O oceano pode ser a nova corrida do ouro (National Geographic) (em inglês)
http://news.nationalgeographic.com/2016/07/deep-sea-mining-five-facts/

Pequenas criaturas marinhas nos salvam do inferno na terra. Então por que as colocamos em risco? (Grist) (em inglês)
http://grist.org/science/tiny-sea-creatures-are-saving-us-from-hell-on-earth-so-why-are-we-endangering-them/ 

A Avaaz é uma rede de campanhas global de 44 milhões de pessoas que se mobiliza para garantir que os valores e visões da sociedade civil global influenciem questões políticas nacionais e internacionais. ("Avaaz" significa "voz" e "canção" em várias línguas). Membros da Avaaz vivem em todos os países do planeta e a nossa equipe está espalhada em 18 países de 6 continentes, operando em 17 línguas. Saiba mais sobre as nossas campanhas aqui, nos siga no Facebook ou Twitter.

Para entrar em contato com a Avaaz escreva para nós no link www.avaaz.org/po/contact.

Sem comentários: