segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Isabel Nunes, agraciada com o Prémio Femina por mérito nas artes plásticas e visuais




Foi em Outubro de 2016 que Isabel Nunes, pintora, foi agraciada com o Prémio Femina sem que no PG fizéssemos a devida referência. Tal facto deveu-se à irregularidade e desatenção que ultimamente tem sido apanágio do PG por motivos já anteriormente aqui referidos. Lamentamos e procuramos criar as condições que nos permitam retomar a normalidade do PG.

Isabel Nunes foi acompanhada pelo PG e razão de notícia acerca da sua arte e da exposição que aqui e aqui referimos há alguns meses, antes de ter sido agraciada com o Prémio Femina em Outubro, como já referido.

Apesar de todos estes meses volvidos achamos por bem trazer ao PG referência do evento. Recorremos à revista Matriz Portuguesa (VER CORREÇÃO) e ao que explicita e nos mostra, lembrando aos mais interessados que no original podem desfrutar de muita prosa, muitas fotografias e vídeo.

Entre outras agraciadas, em diferentes setores, o Prémio Femina foi também para Isabel Nunes por mérito nas Artes Plásticas e Visuais.

Da já citada revista, com a devida vénia, extraímos:

“O Prémio Femina 2016 agracia as Notáveis Mulheres Portuguesas e da Lusofonia, oriundas de Portugal, dos Países de Expressão Portuguesa, das Comunidades Portuguesas e Lusófonas, e Luso-descendentes, que se tenham distinguido com mérito ao nível profissional, cultural e humanitário no Mundo, pelo Conhecimento e pelo seu relacionamento com outras Culturas.

A cerimónia de entrega do Prémio Femina 2016 teve lugar no dia 22 de Outubro, no Salão das Naus, no Hotel Palácio do Governador, antigo Palácio do Governador da Torre de Belém, em Lisboa, onde foi servido o jantar, ceia e a cerimónia de imposição dos prémios às agraciadas.”

Sobre Isabel Nunes:

Nasceu em Parede, Cascais. Licenciou-se em História de Arte, pela Universidade Nova de Lisboa. Após anos de prática de pintura livre frequentou o Curso de Pintura da Academia de Artes Visuais de Macau, tendo ainda frequentado a International School of Art, em Montecastello di Vibio, em Itália e a Painting Masterclass na Slade School of Fine Art do University College of London.

Integrou inúmeras exposições colectivas, em Portugal e no estrangeiro, salientando-se as realizadas na Galeria da International School of Art, em Montecastello di Vibio; na Galeria de Exposições da Casa Garden, em Macau; na Galeria do Northern Trust Bank of Naples, na Florida; na Pearson Gallery, em Londres; na Arte Expo 99, em Las Vegas; e na colectiva de apresentação do projecto “Born in Europe”, em Berlim.

Entre as muitas exposições individuais destaca-se a apresentação em Macau, em 2012, da exposição ‘A Geração de 500’, no Consulado Geral de Portugal, integrando as celebrações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas; no Colégio dos Jesuítas - Universidade da Madeira, Funchal, integrando as comemorações Funchal 500 Anos; e no Panteão Nacional, em Lisboa.

Realizou no Museu Pio XII, em Braga, a exposição ‘CRER – Imagens de uma Aventura’ integrando o Átrio dos Gentios, com lançamento do livro sob o mesmo título, mais tarde apresentada no Memorial ao Dr. Agostinho Neto, em Luanda.

Realizou diversas exposições temáticas, sendo a última ‘Do Ocidente ao Oriente – Diálogos’, no Centro Cultural de Cascais, Fundação D. Luís I.

Encontra-se representada em colecções privadas e públicas, em Portugal, Macau, Reino Unido, Finlândia, Alemanha e na colecção de Sua Santidade o Papa Bento XVI.

Texto e fotos da Revista Matriz Portuguesa (VER CORREÇÃO) - Página no Facebook


DEPOIS DE ESCRITO E PUBLICADO – CORREÇÃO

Após a publicação deste texto versando o Prémio Femina a Isabel Nunes recebemos uma nota de correção sobre informação inexata que acima inscrevemos relativamente ao que fizemos constar de revista “Matrix Portuguesa”. Não é essa a identificação correta mas sim Portugal Protocolo, conforme esclarece gentilmente o seu diretor, João Micael. 

Com a apresentação do pedido de nossas desculpas, agradecemos e transcrevemos o referido esclarecimento:

"Quero agradecer a gentil menção, em termos tão amáveis, à nossa revista, no contexto da atribuição do Prémio Femina à pintora Isabel Nunes (http://paginaglobal.blogspot.pt/2017/01/isabel-nunes-agraciada-com-o-premio.html ); mas, infelizmente o seu nome está incorrectamente identificado: a publicação tem a designação Portugal Protocolo e é tutelada pela Matriz Portuguesa – Associação para o Desenvolvimento da Cultura e do Conhecimento, que tutela igualmente o Prémio Femina.

João Micael
Director de Portugal Protocolo


Sem comentários: