sábado, 27 de maio de 2017

CABO VERDE | S. Nicolau: Líder adverte para o elevado nível desemprego e abandono da ilha

PARTILHAR

O novo presidente da Comissão Política Regional (CPR) do PAICV em S. Nicolau denuncia aquilo que considera ser a situação difícil por que está a passar a ilha do Chiquinho. Hipólito Barreto critica que a população está abandonada à sua sorte, por causa do fraco desempenho das duas Câmaras – Ribeira Brava e Tarrafal -, com o agravante de muitos dos seus dirigentes terem, ultimamente, permanecido muitos dias fora de S. Nicolau.

«É preocupante a forma como as Câmaras Municipais da Ribeira Brava e do Tarrafal vêm sendo geridas, com a manifestação do desagrado por parte de munícipes pelo fraco desempenho das respectivas equipas camarárias. É que estas estão mais preocupadas com constantes viagens para fora da ilha, em detrimento da gestão municipal», acusa o dirigente tambarina.

Para Hipólito Barreto, a situação de abandono é mais grave no Município do Tarrafal. «O caso mais preocupante teve lugar na Câmara Municipal do Tarrafal, em meados do corrente mês de Maio, em que se constatou a ausência de todo o colectivo dirigente, nomeadamente do Presidente e dos Vereadores, deixando a Câmara ao Deus dará.

Essa foi uma situação gravíssima que a Comissão Política Regional do PAICV - S. Nicolau não podia deixar de denunciar, publicamente, para que tal não venha a ter lugar, jamais, no Município. A ausência do colectivo camarário foi um desrespeito pelos munícipes e uma total falta de responsabilidade de quem dirige os destinos do Município do Tarrafal», contesta.

O presidente da Comissão Política Regional do PAICV - S. Nicolau manifesta ainda a sua preocupação pelo elevado nível do desemprego que se regista nas terras do Chiquinho. «A CPR tem constatado que muitas famílias passam por enormes dificuldades e por isso apela às Câmaras Municipais e ao Governo para que tomem medidas urgentes para criação de postos de trabalho, acudindo às populações em situação de extrema necessidade por falta de rendimentos. A Comissão Política Regional do PAICV relembra às Câmaras Municipais e ao Governo que a questão do emprego foi um compromisso que deve ser cumprido, porque foi com essa promessa que chegaram ao poder, contando com os votos das populações».

Saúde pública e deficiente ligação aérea

A deficiente ligação aérea de S.Nicolau com o resto do país e o mundo é uma outra questão que preocupa o maior partido da oposição. «A falta de transportes aéreos durante vários dias criou enormes constrangimentos à ilha de S. Nicolau, tanto para aqueles que queriam viajar para fora da ilha e daqueles que queriam visitar a ilha. Isto constitui motivo de desagrado de munícipes e de toda a população, pelo que a Comissão Política do PAICV - S. Nicolau manifesta a sua preocupação no respeitante à ligação de S. Nicolau às outras ilhas e ao Mundo».

Referindo-se ao Município de Tarrafal, a liderança de Hipólito Monteiro contesta a postura da Câmara de José Freitas no tocante à problemática da saúde pública no Concelho.

«É preocupante a situação da saúde pública no Município do Tarrafal, particularmente no respeitante à proliferação de mosquitos. A Câmara Municipal do Tarrafal, em vez de colaborar com a Delegacia de Saúde no Concelho, dispensou dois dos seus colaboradores, que trabalhavam em estreita parceria com as estruturas de Saúde local, na luta anti vectorial. Por esta razão, nota-se um aumento considerável de mosquitos, com graves consequências para a saúde pública – está a tira o sossego aos munícipes».

Estando-se nas vésperas das chuvas, o líder da Comissão Política Regional do PAICV - S. Nicolau apela ao Ministério da Saúde para uma rápida intervenção, criando as condições necessárias para que a equipe de pulvarização no concelho retome a sua atividade e assim repor o sossego que as famílias tanto almejam.

A Semana

PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: