sexta-feira, 16 de março de 2018

Rumo a um relançamento do GUAM contra a Rússia

PARTILHAR
Os parlamentos da Geórgia, da Moldávia e da Ucrânia realizaram uma conferência conjunta em Chisinau, a 2 de Março de 2018.

Numa declaração conjunta, os Presidentes denunciaram a ocupação dos seus três países pelo exército russo (Ossétia do Sul e Abecásia, Transnístria, Crimeia e Donbass) [1].

Os parlamentares, que se pronunciaram rodeados de funcionários norte-americanos, anunciaram o relançamento da Organização para a Democracia e o Desenvolvimento (dita «GUAM», para a Geórgia, a Ucrânia, o Azerbaijão e a Moldávia).

O Azerbaijão não participava como tal nesta conferência. Ele não controla o Alto-Karabaque (apoiado pela Arménia, aliado da Rússia).

O GUAM foi criado sob o impulso de Bill Clinton e de George W. Bush afim de construir oleodutos contornando a Rússia e de os proteger militarmente. Este projecto acabou por não ter sido concluído e, assim, a organização desaparecera.

Voltaire.net.org | Tradução Alva

Nota:
[1] “Moldova, Georgia, Ukraine Decry Russian Presence” («Moldávia, Georgia, Ucrânia atacam presença Russa»- ndT), Associated Press, March 2, 2018.
PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: