sexta-feira, 8 de junho de 2012

Timor-Leste/Eleições: Observadores europeus esperam consolidação democrática

PARTILHAR


MSE - Lusa

Díli, 08 jun (Lusa) - A chefe da Missão de Observação Eleitoral da União Europeia para as legislativas de 07 de julho, Fiona Hall, disse hoje que as eleições são um pilar essencial para a consolidação da democracia do país.

"As eleições legislativas são um passo importante para a consolidação do processo democrático em Timor-Leste, através do qual as instituições ganham robustez e autonomia", afirmou a eurodeputada britânica.

Fiona Hall falava durante uma conferência de imprensa em Díli, onde chegou quinta-feira, para apresentação pública da missão.

"Eleições abertas e transparentes, disputadas por uma variedade de partidos e candidatos são um pilar essencial da democracia", disse, acrescentando que o escrutínio representa uma oportunidade para os eleitores escolherem os seus líderes.

A Missão de Observação Eleitoral da União Europeia (MOE UE) vai ter 70 observadores eleitorais, que vão estar espalhados pelos 13 distritos do país.

A MOE UE para Timor-Leste vai ter 28 observadores de longo-prazo e 12 observadores de curto prazo.

Na semana que antecede o dia das eleições, uma delegação de eurodeputados, chefiada pelo eurodeputado português, Nuno Mello, vai juntar-se à missão para observar as eleições.

Os observadores eleitorais europeus vão acompanhar a campanha eleitoral, que começou terça-feira e termina a 04 de julho, bem como o dia da votação.

PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: