quarta-feira, 8 de junho de 2016

Portugal. BARRIGAS DE ALUGUER: PS QUER DEBATER, PCP ESTÁ CÉTICO

PARTILHAR


Marcelo Rebelo de Sousa vetou o decreto que introduz a possibilidade de recurso à gestação de substituição.

O PS reagiu, esta manhã, ao veto do Presidente da República à lei sobre a gestação de substituição, vulgarmente designada de barrigas de aluguer.

Em declarações aos jornalistas, Carlos César mostrou-se “disponível” para “detalhar” o diploma, frisando que também ele teve “várias reservas” sobre o conteúdo do documento.

“O nosso trabalho agora será o de, correspondendo aos apelos do Presidente da República, melhorar e detalhar o diploma naquilo que acharmos essencial para que ele alcance todas as suas finalidades”, afirmou o Presidente do PS.

Mais cético ainda mostrou-se o João Oliveira, que se escusa a comentar se as alterações que possam vir a ser introduzidas levantam a possibilidade de alterar o sentido de voto dos comunistas.

“Votámos contra e apresentámos uma declaração de voto relativamente a vários aspetos que nos suscitam preocupação. Identificamos outros problemas para lá dos que foram identificados pela Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida”, começou por explicar o deputado.

“As preocupações não surgiram no dia da votação, mas foram colocadas nas muitas audições que foram feitas no trabalho na especialidade. Em função da discussão que for feita, tomaremos posição”, sublinhou João Oliveira.

Goreti Pera – Notícias ao Minuto

PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: