Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 24 de julho de 2016

Guiné-Bissau. AVIÃO “FANTASMA” EXPLICADO POR BACIRO DJÁ



Na Guiné Bissau o primeiro-ministro, Baciro Djá, confirmou a aterragem de um avião no aeroporto internacional do país na semana passada, onde seguia um emissário do rei da Arábia Saudita. O chefe do executivo disse ainda que o emissário do monarca saudita foi recebido pelo chefe da casa civil da presidência guineense, Marciana Barbeiro. A visita aconteceu durante a deslocação do presidente José Mario Vaz a Portugal.  

O primeiro-ministro, Baciro Djá, tomou a palavra para dar a versão das autoridades sobre a polémica que se assiste no país à volta do avião que, segundo o líder do PAIGC e ex-primeiro-ministro guineense, Domingos Simões Pereira, seria uma aeronave fantasma que teria chegado ao país na passada semana transportando carga e passageiros suspeitos.

Segundo o primeiro-ministro Baciro Djá não se tratou de nada suspeito e que o avião em causa cumpriu todas as normas de entrada e registo de aeronaves no território guineense.
No avião seguia um emissário do rei da Arábia Saudita que foi recebido pelo chefe da casa civil da presidência guineense, Marciana Barbeiro.

Seja como for, o embaixador da União Europeia em Bissau, o português Vítor Madeira dos Santos, mostrou-se preocupado com aquilo que disse poder ser uma brecha no controlo aeroportuário, uma situação que considera de intolerável.

Aqui no país circulam informações segundo as quais as pessoas que vieram na aeronave não teriam passado pelos serviços de controlo.


Sem comentários: