terça-feira, 6 de setembro de 2016

José Soeiro sente-se "envergonhado" ao ver Costa reunir-se com Michel Temer



Deputado do Bloco de Esquerda lamenta que o novo executivo brasileiro, liderado por Michel Temer, disfarce a situação do país com "linguagem institucional".

É nas redes sociais que José Soeiro, do Bloco de Esquerda, faz um paralelismo entre a situação política brasileira e a atualidade política nacional.

No primeiro caso, contudo, o Bloquista lamenta que o executivo de Michel Temer recorra a “um comunicado em que a linguagem institucional disfarçava a falta de coragem para dizer que o que se passa no Brasil é inaceitável para os critérios de qualquer democrata”.

Apesar da polémica que tem enchido as ruas do Brasil, António Costa já deu a conhecer a sua vontade em reunir com aquele que Soeiro classifica como “o governo golpista” do Brasil.

Apesar de dizer que ganha “um respeito cada vez maior pela capacidade de António Costa liderar uma solução política”, Soeiro lamenta “a decisão de reunir hoje com um corrupto que usurpou o poder de uma presidente eleita e que chefia um Governo que tem como projeto para o Brasil uma agenda de retrocesso social em todas as frentes”.

Esta situação, diz o deputado, fá-lo sentir “envergonhado” com o Governo que o próprio suporta. “Num momento em que a nossa solidariedade deveria estar com quem contesta a legitimidade dos golpistas, a decisão do Governo português envergonha-me e obviamente é uma decisão que não me representa”, termina José Soeiro na sua página no Facebook.

João Oliveira – Notícias ao Minuto

Sem comentários: