quinta-feira, 3 de novembro de 2016

EUA: Como as máquinas de votar são programadas a fim de roubar eleições



– Elas não contam os votos como números inteiros!

Paul Craig Roberts [*]

"Peritos" (leia-se "apoiantes de Hillary") dizem aos americanos que a fraude eleitoral é rara nos EUA. Os americanos também são erradamente informados de que a fraude no acto de votar seria detectada. A verdade é, como agora foi provado, que para isso não é preciso nenhuma vasta conspiração. Basta uma só pessoa para por a máquina a contar os votos tal como o desejado. Uma vez que o voto é registado, o código apaga os elementos que revelariam a fraude.

O objectivo determinado dos presstitutos que relatam uma não existente liderança de Hillary [nas sondagens] é criar a aceitação antecipada de que ela venceu, desacreditando dessa forma e antecipadamente qualquer contestação ao resultado falsificado (rigged).

Ver:   jonrappoport.wordpress.com/... 

Ver também: 
  O livro Black Box Voting pode ser descarregado em blackboxvoting.org/black-box-voting-book/ 


O original encontra-se em www.paulcraigroberts.org/... 

Este artigo encontra-se em http://resistir.info/ 

Sem comentários: