quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

BOM ANO DE 2017!



Para Angola, o Ano de 2017 será um pouco melhor que os dois anos de 2015 e 2016...

… de facto pela primeira vez há a oportunidade de se desfazerem algumas das amarras que prendiam o país ao USD e ao Euro, que espero ser um facto capaz de abrir outros caminhos de que Angola bem precisa trilhar!...

Há demasiado egoísmo, há demasiado "deslumbramento", há demasiada alienação, há demasiadas injustiças sociais, há desequilíbrios humanos que são insustentáveis, há assimilações incomportáveis e algumas castas retrógradas, mercenárias e anti-patrióticas...

… e o MPLA, perdendo a qualidade de vanguarda está, com a sociedade angolana, a ser pasto dos impactos da terapia neoliberal, tornando-se intestinamente vulnerável em função das massivas ingerências e manipulações dum capitalismo voraz, dum imperialismo matriz da mais perversa das globalizações, que tornam África num corpo inerte onde cada abutre vem depenicar o seu pedaço!...

Tenho notícias de que há governadores provinciais que cobram 50% sobre novos investimentos, sobre terras, sobre a venda de gado...

... pode ser que sim, pode ser que não...

Todavia, como os "deslumbramentos" já vinham detrás dos tempos dos golpes neoliberais, é necessário reconhecer que estamos num paraíso em que até os bois podem voar!...

... e em relação a isso os militantes honestos do MPLA devem claramente dizer BASTA...

… sob pena de, de voragem em voragem, um dia o próprio MPLA poder vir a desaparecer!...

É necessário redescobrir o significado do que ao desenvolvimento sustentável diz respeito, é necessário encontrar a geoestratégia capaz de levar Angola a um progresso que signifique muito mais que crescimento, é necessário equacionar melhor a luta contra o subdesenvolvimento tornando-a extensiva, com toda a sua intensidade, a todo o povo angolano, é necessário respeitar muito mais a Mãe Terra!... 

Para os patriotas, em consciência, a Luta Continua! 

Foto: Bandeira no Museu Nacional da História Militar de Luanda (fortaleza de S. Miguel).

1 comentário:

Martinho Júnior disse...

A Voice of America é uma caixa de ressonância das ingerências e manipulações dos Estados Unidos no processo democrático angolano, conforme prova quotidianamente as suas páginas, que dão todas as vantagens de pronunciamento àqueles que seguem a soldo as doutrinas de Gene Sharp!

O Facebook actua em uníssono abatendo à carga qualquer veleidade de contra-activismo em relação a fantoches como Luaty Beirão!


http://www.voaportugues.com/