sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

Angola: VICE-PRESIDENTE VISITA CABINDA


  Centena e meia de residências do tipo T3 devidadamente mobiladas estão a ser entregues na província de Cabinda - Fotografia: Rafael Tati

BERNARDO CAPITA, Cabinda – JORNAL DE ANGOLA

O Vice-Presidente da República, Fernando da Piedade Dias do Santos, inaugurou, ontem, em Cabinda, 150 casas destinados a antigos combatentes e ex-guerrilheiros da FLEC reintegrados no âmbito do memorando de entendimento.

O complexo residencial, que recebeu o nome de Santa Catarina, nove quilómetros a sul da cidade de Cabinda, constituída por casas tipo T3, têm sala de estar, varanda, cozinha e quarto de banho e já dispõem de mobiliário, adquirido pelo governo da província.

O empreendimento está orçado em 11 milhões de dólares, oito milhões dos quais investidos nas obras de construção e os restantes em infra-estruturas exteriores, como vedação, pavimentação, sistema de drenagem de águas, iluminação e arborização. A cerimónia de inauguração teve a presença de alguns elementos do Executivo e do governo da província e autoridades eclesiásticas e tradicionais.

O ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria disse estar satisfeito por o projecto beneficiar antigos combatentes, pois a questão habitacional tem sido das mais os preocupam. “Estou muito satisfeito porque a grande carga que transporto aos ombros fica reduzida”, frisou Kundi Payhama.

O Vice-Presidente da República assistiu, à margem da cerimónia, à apresentação, em slides, do Programa de Intervenção do Hospital Regional de Cabinda, que prevê a construção, a médio e curto prazo, de uma nova unidade hospitalar na província, com todos os serviços médicos. O projecto foi bem recebido pelo Vice-Presidente da República, que recomendou ao governo da província que o prossiga.

Projectos na saúde

O ministro da Saúde afirmou que se o projecto se concretizar é muito importante para Cabinda face o crescimento demográfico que regista. José Van-Dúnem referiu que o Programa do Executivo para o sector estabelece a municipalização dos serviços de saúde, com a atribuição de recursos financeiros às administrações municipais, para os aproximar das populações, e a criação de hospitais regionais em Cabinda, Malanje, Huambo, Benguela e Huíla. O Vice-Presidente da República reuniu, ainda ontem, com os membros do governo da província, de quem recebeu informações sobre as acções sociais desenvolvidas nos últimos dois anos.

Fernando da Piedade Dias dos Santos visitou as obras de construção da Faculdade de Ciências Médicas e do futuro campus universitário, o pavilhão multi-uso do Tafe, o Centro Infantil Pioneiro Zeca e a Escola secundária do segundo ciclo do Buco Ngoio e inaugurou o Instituto Politécnico do Chiaze.

Para hoje, último dia da visita, fala à imprensa para fazer um balanço desta deslocação a Cabinda.

Sem comentários: