segunda-feira, 9 de julho de 2012

BISPO DE DÍLI E RAMOS HORTA APELAM PARA GOVERNO DE UNIDADE NACIONAL




Timor Hau Nian Doben - 9 de julho de 2012

De acordo com o jornal de "The Age", o Bispo de Díli, Dom Ricardo, e o ex Presidente da República, Ramos Horta, apelaram à Fretilin e ao CNRT para que se unam e criem um governo de unidade nacional.

"Com a cooperação e unidade a nossa nação pode caminhar para a frente e almejar o progresso que queremos - material e espiritual", disse o Bispo Ricardo.

O Pontífice disse ainda que, "Timor Leste tem muitos problemas, incluindo a pobreza e a corrupção e que os governantes da nação se devem distanciar dos interesses dos partidos e de grupos específicos".

Ramos Horta, de acordo com este jornal australiano, tem feito apelos nos bastidores aos partidos para que se erga uma " grande tenda" para que assim, se crie um governo de unidade.

As discussões entre os partidos continuam neste preciso momento e de acordo com o "The Age", os líderes da Fretilin e Francisco Guterres Lu-Olo mostraram vontade de se juntarem no próximo governo.

"A Fretilin vai de facto (juntar-se) a este governo", disse o Sr. Guterres.

"CNRT ganhou (mas) a Fretilin vai participar neste governo".

Alkatiri, o ex-primeiro ministro, disse que o resultado mostrou que os timorenses queriam fortalecer a unidade nacional.

"A Fretilin vai participar na governação de 2012-2017, por isso não há necessidade de se ficar aborrecido e preocupado com o resultado das eleições", declarou o Sr. Alkatiri.

Nas eleições legislativas realizadas no passado sábado, em Timor Leste, o CNRT liderado por Xanana Gusmão foi o vencedor com 36.6 por cento dos votos, seguido da Fretilin com 28,87 por cento e do PD e da Frente Mudança, com 10,39 por cento e 3,11 por cento respetivamente.

1 comentário:

Anónimo disse...

cale-te seu porco horta tu nao perstas p'ra Timor