sábado, 21 de Julho de 2012

São Tomé: Acordo interpartidário assinado pela oposição visa "assalto ao poder" - ADI



MYB - Lusa

São Tomé, 21 jul (Lusa) - O Partido Acção Democrática Independente (ADI), que sustenta o governo do primeiro-ministro, Patrice Trovoada, disse hoje que o acordo interpartidário assinado quarta-feira entre os três partidos da oposição com assento parlamentar visa "assaltar o poder".

"Os são-tomenses sabem o que é que está por detrás deste acordo, disseram que estão preocupados com o povo de São Tomé e Príncipe, nada disso. O acordo é para mais uma vez os partidos políticos assaltarem o poder, sem consultar o povo", disse a jornalistas Levy Nazaré, secretário-geral do ADI.

O dirigente do partido Acção Democrática Independente vê com "naturalidade em democracia" a assinatura do acordo entre os partidos, mas insiste que o que pretendem o MLSTP, PCD e o MDFM é derrubar o Governo.

"É óbvio que nós sabemos o que está por detrás deste acordo, quais são as intenções que têm com este acordo, mas nós estamos tranquilos. O mais importante é que o ADI tem um programa que foi validado pelo povo nas urnas", acrescentou Levy Nazaré.

Sem comentários: