Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Mais de 111.000 eleitores são-tomenses esperado nas presidenciais de julho



Um total de 111.222 eleitores vão poder votar nas eleições presidenciais marcadas para 17 de julho próximas, segundo dados divulgados hoje pelo presidente da comissão eleitoral nacional (CEN), Alberto Pereira.

"Para as eleições presidenciais de 17 de julho de 2016 serão chamados às urnas 111.222 eleitores", disse Adelino Pereira em conferência de imprensa.

Esses novos dados resultam dos trabalhos de atualização dos cadernos eleitorais efetuados pela Comissão Eleitoral Nacional entre os dias 31 de janeiro e 02 de abril.

O presidente da comissão eleitoral nacional são-tomense disse ainda que desse universo de eleitores fazem parte 10.058 inscritos na diáspora, compreendendo Angola, Gabão, Guiné Equatorial e Portugal.

"Em todos os distritos do país, incluindo a região autónoma do Príncipe, registou-se um aumento de número de eleitores em relação às eleições de 2014", sublinhou Alberto Pereira.

No distrito de Agua Grande, o maior do país, o número de eleitores, comparando com 2011, aumentou de 36.429 para 39.209 eleitores.

Em Mé Zochi, o segundo mais populoso do arquipélago, a quantidade de eleitores subiu de 23.159 para 25.092, enquanto Lobata, que tinha 9.670, tem hoje 10.663 eleitores.

O Distrito de Cantagalo também conheceu um aumento de 8.722 eleitores para 9.635, Lembá de 7.035 eleitores para 7.904, Caué de 3.710 para 4.037 e a região autónoma do Príncipe aumentou de 4.064 para 4.724 eleitores.

"A fase preliminar, que era a atualização do recenseamento, já terminou e nós estamos somente agora a fazer preparativos para as eleições, uma vez que todas as condições estão neste momento criadas", acrescentou o presidente da CEN.

MYB // APN - Lusa

Sem comentários: