quinta-feira, 6 de outubro de 2016

GUTERRES ACLAMADO COMO NOVO SECRETÁRIO-GERAL DA ONU



A Assembleia Geral deve reunir-se já na próxima semana para aprovar esta recomendação

O Conselho de Segurança das Nações Unidas escolheu por unanimidade e aclamação o antigo primeiro-ministro português António Guterres como secretário-geral da organização.

"O Conselho de Segurança recomenda à Assembleia-Geral que o senhor António Guterres seja designado como secretário-geral das Nações Unidas, entre 1 de janeiro de 2017 e 31 de dezembro de 2021", afirma a recomendação do órgão decisório da ONU, aprovada por aclamação.

A decisão foi anunciada aos jornalistas pelo embaixador da Rússia, Vitaly Churkin, que assume este mês a presidência rotativa do Conselho de Segurança.

O documento segue agora para aprovação na Assembleia Geral da ONU, onde deverá ser votado já na próxima semana.

O regulamento da ONU sugere uma votação à porta fechada, mas isso não acontece desde 1971. O organismo tem optado por aprovar o nome do novo secretário-geral por aclamação.

Em Portugal

Os deputados interromperam esta quinta-feira pelas 15h50 os trabalhos que haviam arrancado perto de uma hora antes no parlamento para aplaudir de pé António Guterres pela sua aclamação como secretário-geral das Nações Unidas.

"Chegou a notícia que todos nós esperávamos. António Guterres foi aclamado e nomeado por unanimidade pelo Conselho de Segurança para secretário-geral das Nações Unidas", anunciou o vice-presidente da Assembleia da República Jorge Lacão, que hoje preside aos trabalhos.

TSF com Lusa - Foto: © Peter Foley/EPA

Sem comentários: