Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

A PROPÓSITO DE ALGUNS FUNDAMENTALISMOS CORRENTES E "TRANSVERSAIS"...



A fronteira entre progresso em benefício de toda a humanidade e o que pertence ao fascismo, ao colonialismo, ao "apartheid", aos mais diversos fundamentalismos étnicos ou religiosos e às respectivas sequelas (inclusive restos de escravatura um pouco por todo o mundo, mas em especial onde há africanos, ou afro-descendentes), mereceu de minha parte uma opção claramente contraditória desde quando fui preenchendo o estatuto de maioridade...

... Depois aprendi que em relação a África, todos estamos em dívida, conforme o pensamento justo do Comandante Fidel e, por isso, necessário foi e é dar meu contributo em função dos resgates que se impõem a África nos termos de sua libertação, de arma na mão ou por outras vias que me tem sido possível utilizar, entre elas esta mesmo, onde tenho "aberto o livro" do choque e da terapia neoliberal, confirmando as conclusões de Naomi Klein sobre outras paragens (ela desconhece ou tem menos informação sobre o que se passa em África)!...

... É evidente que as provocações se inscrevem em procedimentos próprios da terapia neoliberal e correspondendo, com todos os indícios de "reflexos de pavlov", à "voz do dono"!...

Os argumentos retrógrados têm mais que tempo e espaço para explanar fundamentando, mas desperdiçam-nos com as razões ideológicas que definem e se enquadram perfeitamente no âmbito da terapia neoliberal que, é preciso evidenciar, se nutre também de linhas, comportamentos e atitudes neo conservadoras, ou ultra-reaccionárias, ao nível de fascismo, colonialismo, nazismo e todo o tipo de fundamentalismos!...

... Conforme dizia de forma esclarecida o Presidente Agostinho Neto: AO INIMIGO, NENHUM PALMO DA NOSSA TERRA, posso-o acrescentar, em abono da visão global de que PÁTRIA É HUMANIDADE!...

Martinho Júnior. Luanda, 17 de Dezembro de 2016.


- Fotos de alguns dos encontros do Presidente Agostinho Neto, com o Comandante Fidel.

Sem comentários: