Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 5 de março de 2017

TEATRO DA DIDASCÁLIA – TERRITÓRIOS DRAMÁTICOS




Um novo encontro de teatro que lança um olhar sobre a diversidade do teatro português a partir de Joane

De 17 a 26 de Março, decorrerá em Joane o primeiro encontro de teatro intitulado de Territórios Dramáticos, promovido pelo Teatro da Didascália, projeto que tem como objetivo traçar ao longo dos anos, um olhar sobre a diversidade estética e artística do teatro produzido por todo o território português.

Sem excluir da sua programação propostas oriundas das grandes cidades como Lisboa e Porto, o Territórios Dramáticos irá acolher espetáculos produzidos a partir de regiões tão diversas como Vila Real, Fundão, Águeda e claro está Vila Nova de Famalicão.

Desde os anos 70, numa altura em que a oferta cultural na região era escassa, foi pela mão da Associação Teatro Construção, uma antiga e importante associação de teatro ainda em funcionamento em Joane, que se apresentaram, pela primeira vez na região, alguns dos mais importantes projetos teatrais do país: o Bando, a Barraca, a Casa da Comédia, o TEAR, a Seiva Trupe, O Teatro Experimental de Cascais, O Teatro Experimental do Porto, o Teatro Oficina, e muitos outros. O Teatro da Didascália, sedeado também em Joane desde 2008, criou este encontro por considerar urgente falar e refletir sobre um território com um passado fortemente ligado ao teatro, e a partir dele, conhecer e pensar outros projetos enraizados noutros territórios.

A abertura deste 1ª encontro de teatro fica a cargo do Teatro Experimental do Porto que leva até Joane o seu espetáculo Casa Vaga que conta a história de três portugueses que emigram para o faroeste norte-americano em busca de melhores condições de vida e de trabalho. No dia seguinte é a vez se subir a palco o espetáculo Levantado do Chão, a partir da obra de José Saramago, pela mão do Algures, Coletivo de Criação.

A segunda semana arranca pela mão da ESTE - Estação Teatral da Beira Interior, que trás do Fundão o espetáculo BambaVambaWamba. No sábado, 25 de março, no café-concerto do CCJJ será apresentado o espetáculo Reportório Osório, da d’Orfeu Ass. Cultural, com um desfiar de histórias pessoais no masculino.

O Territórios Dramáticos é também um espaço de partilha entre o teatro e os mais variados públicos e sensibilidades. O encontro e o diálogo entre artistas e público será estimulado através de Cear e Falar, que acontecerá após os espetáculos, um convite para público e artistas partilharem a mesa. Num serão onde para além do confronto de ideias, haverá também um combate gastronómico, em que o anfitrião Vinho Verde abrirá o apetite a um doce ou salgado típico da região da companhia convidada.

Nestas duas semanas de programação, para além dos espetáculos haverá também a projeção de dois filmes que têm como ponto de partida o teatro. O primeiro a ser exibido será o Até ao Canto do Galo, criado pela companhia Peripécia Teatro em parceria com o realizador espanhol Ramón de los Santos, que teve como base para a criação o espetáculo desta mesma companhia, Ibéria: a Louca História de uma Península. O segundo e último filme deste encontro será o Amar, Beber e Cantar. Último filme do realizador francês Alain Resnais, que adaptou para cinema a peça “Life of Riley”, do dramaturgo inglês Alan Ayckbourn.

Os domingos à tarde serão dedicados ao público familiar. Dia 19, a companhia anfitriã, o Teatro da Didascália, apresenta o espetáculo Guarda Mundos, concebido especialmente para os mais novos e que será ainda levado à cena para o público escolar no dia 21. O encontro Territórios Dramáticos termina no domingo, 26 de março, com o espetáculo A Cores, da Peripécia Teatro. Um espetáculo para o público familiar onde a protagonista é a tinta e as cores.

O bilhete normal para os espetáculos tem um custo de 4 euros. Existe desconto para estudantes, maiores de 65 anos e sócios da ATC – Ass. Teatro Construção, ficando o valor do bilhete nestes casos por 3 euros. Os filmes têm entrada gratuita.

***
Para mais informações:
Bruno Martins
Telm. ( 351) 91 829 53 51

* O TEATRO DA DIDASCÁLIA é uma estrutura artística profissional que tem como principal actividade a criação e a programação de artes performativas, perseguindo um trabalho de pesquisa e de cruzamento estético com o objectivo de fazer surgir uma linguagem própria e inovadora. Do seu trabalho de programação destacam-se os festivais VAUDEVILLE RENDEZ-VOUS, festival internacional dedicado ao circo contemporâneo, o festival CONTOS d'AVÓ, um festival de narração oral organizado dentro das casas das avós das freguesias rurais do concelho de Vila Nova de Famalicão e o recentemente criado encontro de teatro Territórios Dramáticos. 

Sem comentários: