Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

terça-feira, 20 de junho de 2017

MAIS “TRUMPALHADAS” NEOCOLONIAIS!



TOTAL SOLIDARIEDADE A CUBA REVOLUCIONÁRIA E À VENEZUELA BOLIVARIANA! 

Martinho Júnior | Luanda
  
O Presidente Donald Trump volta aos tempos da ilimitada guerra psicológica contra Cuba Revolucionária e a Venezuela Bolivariana, como se a América Latina devesse continuar a ser reduzida ao “quintal preferencial” das neocolónias do âmbito da hegemonia unipolar exercida pelos Estados Unidos.

É evidente que este deve se encarado como um sério aviso que deve colocar em alerta todos os Não-Alinhados, pois com esta administração republicana só se pode esperar a radicalização das linhas de domínio sobre os países do sul, em particular aqueles que são produtores de petróleo, ou têm seus territórios em posições físico-geográficas consideradas de geoestratégicas.

As nações, os estados e os povos amantes da paz, do aprofundamento da democracia, do respeito mútuo e do progresso, só podem condenar esta “trumpalhada” neocolonial e o carácter do exercício persistente do domínio nos termos da hegemonia unipolar.

Esse alerta é extensivo aos vassalos tradicionais do âmbito da “civilização judaico-cristã ocidental”e aos vassalos que se propõem à disseminação do caos e do terrorismo do âmbito da Al Qaeda e do Estado Islâmico, com todo o cortejo de manipulações, ambiguidades e “jogos operativos” que as vassalagens implicam.

Em relação a Cuba Revolucionária espera-se, quando as questões do bloqueio e de Guantánamo forem levantadas na Assembleia Geral da ONU deste ano, mais uma veemente condenação aos Estados Unidos, por todas as nações, estados e povos da Terra!

Quanto à Venezuela Bolivariana, apela-se ao desmascaramento contínuo das campanhas internacionais de difamação em curso, na tentativa de vulnerabilizar cada vez mais a Venezuela Bolivariana e os seus amplos compromissos em busca da paz, do socialismo e do progresso de toda a América Latina!

Imagens:
Bandeiras venezuelana e cubana; Os Comandantes Fidel de Castro e Hugo Chavez, dois vanguardistas em prol da abertura em direcção aos difíceis caminhos em busca de liberdade, de independência, de soberania, de justiça, de socialismo e de paz entre todas as nações, estados e povos da Terra!

Em anexo

Sem comentários: