sexta-feira, 3 de abril de 2020

VIRAGEM DE PÁGINA GLOBAL


Martinho Júnior, Luanda   

As profundas alterações globais em curso estão em fase de agudização!... 

Está a passar-se das alterações climático-ambientais, com toda a sua panóplia de fenómenos que tanto tem a ver com a vida tal qual a conhecemos até agora, para o surgimento de ameaças globais desconhecidas que põem em risco a humanidade como um todo, reflectindo-se em cada continente, em cada região e em cada estado, nação, povo, ou comunidade...

Ao longo do século XXI esta é a primeira das ameaças ao nível de pandemia, todavia devem ser espectáveis outras mais, tão desconhecidas como esta ou ainda mais desconhecidas, em função dessas profundas alterações, o que obriga a um virar de página no carácter das sociedades, no carácter dos estados, no carácter das instituições e em todas as iniciativas humanas que estão obrigadas a ser muito mais solidárias, muito mais colectivas, muito mais participativas e “protagónicas” e muito mais racionalmente inteligentes na aplicação da lógica com sentido de vida, nos termos rigorosos de seus deveres e obrigações!...

A reconversão global deve tornar a humanidade muito mais introspectiva sobre si própria, vai obrigar a uma reconversão mental inexorável, por que finalmente a percepção é de enorme responsabilidade, sobre a humanidade como um todo (mas também sobre seus fragmentos) e sobre o imenso respeito devido à Mãe Terra!



01- As opções que se tornaram cultura socialista, ou de herança socialista, estão já adiantadas no processo de virar da página global!...

O socialismo prioriza o todo social sobre as partes, em evidente contraditório com o capitalismo neoliberal, que por via do lucro e da especulação monetária exerceu na direcção do caos, do terrorismo, da desagregação, da barbárie e do abismo, sobretudo por efeito do carácter dum império que por via da força (militar ou branda), por via duma constante guerra psicológica, procura ser exclusivista, divisionista, protecionista e manipuladora, no âmbito da intensa campanha de hegemonia unipolar que lhe está no cerne desde o período do expansionismo para Oeste na América do Norte “anglo-saxónico”!...

A juntar a isso, as teorias do estado que “defendem” que ele se deve tornar cada vez mais raquítico e menos interventivo construíram monstros que fazem parte integrante da panóplia dos problemas, por que esse modelo está incapaz de mínimas soluções, por que nada tem a ver com a ética e com a moral e tudo tem a ver com a corrupção! 

O caso paradigmático da Federação Russa, o estado de maior dimensão global, é por si um exemplo do avolumar de contraditórios: se bem que tivesse enveredado por processos capitalistas desde a implosão da URSS, a sua sociedade beneficiou duma herança socialista que lhe garante um nível de emergência capaz de multilateralismo em toda a transversalidade euro-asiática, “contagiando” seus vizinhos e “dando o corpo ao manifesto” à iniciativa da Revolução Popular da China, que passou do seu próprio espaço nacional para a energia contagiante da Nova Rota da Seda, num formidável dissuasor das iniciativas de paz, de busca de consensos, de “ganha-ganha” e de racionalidade humana numa trilha ampla de civilização face à barbárie!

Na Federação Russa o socialismo recente garante ainda hoje densidade suficiente de pessoal do sector da saúde correspondendo às exigências da larga escala do espaço nacional, garante uma inestimável cobertura da construção civil por que continua a haver casa para todos morarem sem bolha imobiliária, garante uma vital cultura de inteligência capaz de mobilizar cérebros e engenharias, mas também toda a tão antropologicamente diversificada sociedade!...


02- O contraste evidente entre civilização e barbárie tornou-se agora ainda mais nítido, por que perante as ameaças globais, o virar da página global obriga às soluções colectivas sobre os problemas inerentes e decorrentes do império da hegemonia unipolar, arrogante, significativamente mentor do “the americans first” e completamente impreparado para a tão urgente solidariedade global!...

Os problemas afectam todos os que em função de alinhamento e vassalagem no âmbito do império da hegemonia unipolar, se inibiram de soluções de prioridade colectiva nas suas sociedades, por que cultivaram capitalismo neoliberal exacerbado, ele próprio contraproducente face às profundas alterações globais e às ameaças presentes e futuras!…

De facto essas sociedades, mesmo que o manancial científico e tecnológico lhes seja importante, não souberam traduzir com prioridade essas vantagens para o âmbito social e os desequilíbrios, as assimetrias e a cultura do egoísmo, tornam-se incomportáveis perante as ameaças globais nos termos desta pandemia, ou de outras futuras conforme as inevitáveis previsões!...

A União Europeia está a sentir a quente e por dentro de si a avalanche das contradições e, perante o elevado nível das ameaças da presente pandemia, só pode buscar soluções onde elas já foram e continuam a ser testadas e comprovadas na sua eficiência: no campo do socialismo ou dos herdeiros de socialismo, conforme os casos da República Popular da China, da Federação Russa, ou da heroica Cuba Revolucionária!...

A Nova Rota da Seda está já salutarmente a salvar a União Europeia da forma mais imprevista que se poderia imaginar, colocando à mostra a insolúvel impotência de exercícios contaminados como os da NATO e do Pentágono, exercícios mentores de atávicos problemas seculares e jamais capazes de soluções colectivas, muito menos socialistas!


03- Por dentro dos monstros, as contradições multiplicam-se e avolumam-se, por que o capitalismo neoliberal de 5ª (e possivelmente última) geração, forjou aprendizes de feiticeiro que se juntaram aos que vinham detrás e agora é todo um processo de amplo espectro cultural que está em causa, podendo-se chegar a roturas!...

…Quantas alienações semeadas e difundidas, quantas ilusões, quantas mentiras, quanta corrupção, quanta falta de ética e de moral, quanta ausência de solidariedade, de dignidade, de civismo e de amor coerente pela causa comum da humanidade!...

De tanto contribuírem para disseminar caos, terrorismo e desagregação, nações e estados como a Ucrânia e a Turquia correm o risco de desfazerem-se!

A desagregação da Arábia Saudita, do Iémen, da Líbia, do Sudão e de outros mais a sul, está já a provar o dilema da inevitabilidade, ou da irreversibilidade e da tragédia!...

Dentro da União Europeia a tensão entre salvar a vida humana e a continuidade da manipulação económica e financeira tão querida das elites “social-democratas” redundantes da Revolução Industrial e das Novas Tecnologias, está exposta como nunca, podendo implicar no próprio colapso e fim deste “modelo” (?) europeu!

04- Os cumulativos mentores dos problemas estão apanhados completamente em contrapé e completamente impreparados para traduzir soluções sociais colectivas face à ameaça desta e de futuras pandemias!

As elites, as oligarquias e a própria aristocracia financeira mundial, de tanta disseminação de problemas (dividir, dividir e dividir para melhor reinar), estão também à completa mercê desta ameaça global transversal, numa altura em que a Mãe Terra está estafada em seus recursos!

Nos Estados Unidos há o risco de se assistir a uma catástrofe humana sem precedentes, pois a população que nem sequer está coberta pelos seguros, ascende a largas dezenas de milhões de seres humanos, todos eles aptos ao contágio!...

O modelo de “democracia representativa” esgotou-se e só a colectivização democrática inteligente, racional e mobilizadora, buscando integrações e participações, estando também aberta ao protagonismo da sabedoria, é capaz de encontrar respostas que tragam soluções, escapando à barbárie neoliberal!...

Está-se perante uma inevitável VIRAGEM DE PÁGINA GLOBAL, por que finalmente se prova de forma contundente e inexorável que, conforme o Comandante Fidel na Iª Conferência climática mundial, “há uma espécie em perigo: o homem”!...

Martinho Júnior -- Luanda, 29 de Março de 2020

Imagens:
03- Imagens de drone mostram rodovias desertas perto de Milão por causa do Covid-19    País é um dos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus - bhttps://mundoconectado.com.br/noticias/v/12853/imagens-de-drone-mostram-rodovias-desertas-perto-de-milao-por-causa-do-covid-19
04-  O coronavírus foi ensaiado mediante um simulacro de pandemia em Setembro de 2019 num hotel de Nova York – https://resistir.info/crise/ensaio_de_pandemia.html

A rever: 
. Na saúde, um primeiro mérito para a administração do PR João Lourenço – https://paginaglobal.blogspot.com/2020/03/angola-na-saude-um-primeiro-merito-para.html
. DISCURSO PRONUNCIADO EN RÍO DE JANEIRO POR EL COMANDANTE EN JEFE EN LA CONFERENCIA DE NACIONES UNIDAS SOBRE MEDIO AMBIENTE Y DESARROLLO, EL 12 DE JUNIO DE 1992 – http://www.cuba.cu/gobierno/discursos/1992/esp/f120692e.html  – https://www.youtube.com/watch?v=JF67BSRjTYc.

Sem comentários: