domingo, 19 de setembro de 2021

África falha objectivo de vacinar 40% da população em 2021

Das 6 mil milhões de doses distribuídas ao nível global, apenas 2% foram aplicadas no continente; países de rendimento alto administraram 48 vezes mais doses do que os de rendimento baixo

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou que África tem um défice de cerca de 500 milhões de doses para alcançar o objectivo global: vacinar totalmente 40% da população até ao final deste ano.

Esta escassez acontece numa altura em que os casos da Covid-19 atingem os 8 milhões e a iniciativa global Covax reduziu, em 150 milhões, as entregas ao continente.

Com o corte, a expectativa é que o mecanismo de vacinas entregue, ainda este ano, 470 milhões de doses, para 17% da população, muito abaixo da meta de 40%.

Entretanto, cerca de 95 milhões de doses adicionais devem chegar ao continente, via Covax, ao longo de Setembro. Mas, mesmo com o aumento das entregas, o continente conseguiu garantir vacinação completa para apenas 50 milhões de pessoas, ou 3,6% da sua população.

Até ao dia 14 deste mês, houve registo de 8.06 milhões de casos de Covid-19 em África, cerca de 125 mil novos casos na semana passada. Apesar da diminuição de 27% em relação à semana anterior, 19 países continuam a relatar um número alto ou crescente de casos.

As mortes diminuíram 19%, para 2.531, na semana até 12 de Setembro. A variante Delta, considerada altamente transmissível, foi encontrada em 31 nações africanas, a Alfa em 44 e a Beta em 39.

Expresso das Ilhas (cv) | ONU News

Sem comentários:

DESTAQUE

Chega "esconde" propósitos fascistas do seu programa

Chega "eclipsa" destruição da escola pública e do SNS do seu programa Quase dois anos depois de Ventura ter anunciado a "cl...

Mais lidas da semana